O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/09/19

TÉCNICAS PARA ENGORDAR SEU PORQUINHO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 08:59

Não são apenas os universitários brasileiros que têm de rebolar para pagar o carnê da faculdade. Arcar com as milhares de prestações para retirar o diploma no guichê ao fim de quatro, cinco anos, virou um drama até para os americanos.
Uma reportagem do site da CNN conta que lá eles têm recorrido a métodos que – parece – ainda não foram descobertos por aqui.
Segundo o site, as famílias americanas têm dinheiro para pagar apenas 30% da mensalidade. Então, o jeito é apelar.
O estudante John McKinley-Campbell não tem emprego, mas quer voltar à faculdade para conseguir seu Ph.D. na Universidade Internacional da Flórida. Para realizar o sonho, ele se tornou uma cobaia de laboratório.
John tem participado de uma série de estudos médicos para companhias farmacêuticas desde que sua tia viu um anúncio na TV. Ele já passou 14 dias em instalações médicas testando medicamentos para artrite e também já se inscreveu para receber injeções de uma nova droga contra o câncer de mama.
Os dois trabalhos lhe renderam 8.500 dólares.
“Se eu não conseguir um emprego, há sempre um remédio para dor de cabeça que eu posso testar”, diz ele ao site da CNN.
Outra “cobaia” citada na matéria é Norah – que pede para não ter o sobrenome revelado. Ela tem 24 anos e conseguiu 6.500 dólares doando um óvulo para uma clínica de reprodução humana em Maryland.
“Com a quantia ela conseguirá pagar o primeiro ano do curso. Mais duas doações lhe darão dinheiro suficiente para cobrir os gastos de todo o programa – algo em torno de 15 mil dólares”, conta o site.
Na mesma linha reprodutiva, a matéria fala de um estudante que fez uma doação de esperma ao “California Cryobank” e ganhou 2.600 dólares.
O “California Cryobank” – que tem diversas unidades pelo país – revela que metade de seus doadores é formada por estudantes universitários.
Até os pais têm recorrido a novos métodos para darem conta dos gastos com as faculdades dos filhos. Eles penhoram bens, cedem a casa para estudantes de intercâmbios e até lucram com vídeos que se tornam sensação no Youtube.
Outros estudantes investem no sex appeal para encontrarem um “patrocinador” para suas despesas educacionais.
Uma estudante de 21 anos – que também prefere não ser identificada – conta à reportagem que é um cara rico de 37 anos quem a financia. Os dois se conheceram num site de encontros. Em troca da companhia, o “patrocinador” banca os 1.500 dólares mensais de sua faculdade.
Esse tipo de “serviço” no Brasil tem outro nome…

Leiam a matéria completa AQUI

Anúncios

1 Comentário »

  1. Percebi que vender sangue ja é fora de moda.

    Comentário por Juventino — 2012/09/19 @ 18:33


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: