O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/09/09

QUER SABER? JÁ FOI

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 09:37

O musical “Cabaret” confirma o ditado popular de que a propaganda é a alma do negócio. As peças publicitárias do espetáculo, a autopromoção e a forcinha da mídia nos convencem de que se não o assistimos, não vivemos.
Mas é bom não acreditar em tudo o que lemos e ouvimos. É perigoso.
“Cabaret” é mais um dos espetáculos que saem do forno da pizzaria Charles Möeller e Claudio Botelho e mais um equívoco de José Possi Neto como diretor de musicais (ele também foi responsável pelo fraquíssimo “New York, New York”).
Após encontrar um filão no mercado cultural brasileiro no fim dos anos 90, a dupla Möeller-Botelho ligou a máquina produtora de musicais e tem se assemelhado a um trator. No site da dupla é possível contar 32 musicais entre 1997 e hoje. O resultado é que a maioria das pizzas fabricadas pela dupla chega com o estranho sabor da pizza do Habib’s.
Visualmente a produção é sempre impecável – os cenários e figurinos chamam a atenção porque são confeccionados pela elite dos profissionais brasileiros na área. Mas a tradução e a adaptação brasileiras deixam a desejar.
Primeiro pelos números musicais – todos traduzidos. Depois pelo texto, em muitos casos, sem pé nem cabeça.
Em “Cabaret” há um exemplo ótimo. Numa das cenas, um casal conversa metaforicamente sobre maçãs – filosofa sobre o fato de que as maçãs dos galhos mais altos são as mais saborosas. Do nada, um dos personagens diz: “Vou descascar uma laranja”. E a outra: “Deixa que eu descasco pra você”.
Imagina-se que a frase, que sai totalmente do contexto, será o elo de ligação para algo incrível que virá adiante. Mas não. Ao fim do solo do ator, a outra lhe entrega a fruta descascada.
Fim da cena. Só faltou dizerem ao público: “Agora chupem essa laranja”.
As vivas vão todas para outra dupla: Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello – namorados “na vida real” e responsáveis pelos melhores momentos do espetáculo.
Jarbas Homem de Mello faz a alegria da plateia ao desfilar toda sua “jarbice”. E que “jarbice”, minha gente. O ator não hipnotiza só pelo físico sensacional. Expressivo, ele é também um ótimo cantor e dançarino.
Claudia Raia é uma cantora esforçada. É evidente que sua colocação de voz é fruto de aulas de canto – tanto quanto seu abdômen sarado das inúmeras séries de abdominais. A constatação, no entanto, não tem o objetivo de desmerecer o trabalho da atriz. Pelo contrário, Claudia é um exemplo de superação, disciplina e força de vontade. Mas seu talento é para a dança.
Ao fim, é inevitável não tentar entender por que “Cabaret” não funciona. E o diagnóstico é um pouco desanimador: “Cabaret” envelheceu. O filme que encantou o mundo na pele de Liza Minnelli em 1972 já não encanta. Ele marcou época – deve ter sido um espanto falar de aborto ou de independência feminina na década de 70 – mas talvez hoje, na era da informação e dos resultados, precisemos de outros significados. E “Cabaret” é apenas um espetáculo visual.

Quer um bom musical? Vá ver “Priscilla”

Anúncios

2 Comentários »

  1. Alô, Tati!
    O filme não me empolgou (a refilmagem, claro). Acho que tem certas coisas que deveriam ficar no original, ou na sua versão mais bem acabada. O filme com Liza Minelli, por exemplo. Não deviam mexer, refilmar, nem ressuscitar a peça.. Pelé foi um só, Harry Potter jamais devia ter ido aos cinemas, aliás, a série deveria se encerrar no terceiro livro. E por aí vai. Cawboys não combinam com Aliens. Ok nada a ver.
    Prazer em te ler de novo, abç,
    Adh.

    Comentário por Adh2bs — 2012/09/09 @ 19:58

  2. Informações precisas e preciosas.
    Prazer em te ler,como disse o amigo acima.

    Comentário por picida ribeiro — 2012/09/12 @ 17:21


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: