O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/08/06

O 007 DE NOVA YORK

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 09:00

Durante o dia, Bob Egan trabalha como corretor de imóveis comerciais em Nova York. Mas à noite e nos finais de semana ele se transforma numa espécie de detetive da cultura pop. Ele se dedica a encontrar certos locais da cidade que serviram de cenário para capas de discos e outras imagens do mundo pop.
Há cerca de um ano ele começou o site “PopSpotsNYC”, no qual ele mostra o resultado de suas buscas.
A paixão de Bob por capas de discos começou em 1977. Na época ele morava num apartamento em Greenwich Village e descobriu que a um quarteirão dali, em 1963, havia sido tirada a foto da capa do álbum The Freewheelin’, de Bob Dylan, na qual o cantor aparece de braços dados com sua namorada, Suze Rotolo, num dia frio de fevereiro.
“Eu estava encharcado de anos de informação até que no meio dos anos 90 eu entrei na Bleecker Bob’s (uma conhecida loja de discos) e perguntei se eles sabiam onde havia sido clicada a foto do álbum ‘Blonde on Blonde’ (de Bob Dylan). Quando eles disseram que não, me perguntei, ‘Bom, por que eu mesmo não descubro?’”, explica Bob ao site “Open Culture”.
O cenário de “Blonde on Blonde” permanece um mistério, mas Bob encontrou várias outras locações de capas de seu xará, como “Highway 61 Revisited” (em frente às escadas de um sobrado em Gramercy Park West), “Another Side of Bob Dylan” (na esquina da Rua 52 com a Broadway), e “I Want You” (num bairro de armazéns na Jacob Street).
Uma das mais difíceis de serem encontradas foi a capa de “Saturday Evening Post”, também de Bob Dylan. “Procurei em cada curva de Nova York e finalmente a encontrei online, numa foto antiga de uma biblioteca. A rua inteira, que é perto da Ponte do Brooklyn, foi demolida há 50 anos, mas quando cliquei sobre a imagem da biblioteca me vi de frente com o exato local em que Dylan estava na foto. Soltei um berro”, diz Bob.
Ele conseguiu localizar os cenários de capas de vários artistas, como Bruce Springsteen, Neil Young, The Who e Simon & Garfunkel.
As escolhas, claro, refletem o gosto musical de Bob. “Cresci durante a época do classic rock. Minha trilha sonora era Dylan, Van Morrison, Lou Reed e The Grateful Dead”.
No momento, Bob está em busca da capa de “Workingman’s Dead” (disco do The Grateful Dead de 1970).
“Supostamente a foto foi tirada perto de um ponto de ônibus no bairro de Mission, em São Francisco. Comprei um mapa antigo da rota do ônibus em 1969 no museu dos transportes de São Francisco e já procurei todas as linhas que passavam por ali no ‘Street View’, mas ainda não achei”, conta Bob.
Encontrar a faixa de pedestres da capa de “Abbey Road”, dos Beatles, é só para os iniciantes.

Visitem o site AQUI

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: