O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/08/02

O PREÇO DO OURO

Filed under: Absurdos nossos de cada dia — trezende @ 08:19

Nas Olimpíadas de 2008 a China ficou com folga na liderança do quadro de medalhas. Terminou os Jogos com 51 medalhas de ouro – contra 36 do segundo lugar, os Estados Unidos.
Ao que tudo indica, está para repetir o feito novamente – mesmo já tendo levantado suspeitas de doping, como o caso que envolve a nadadora Ye Shiwen. A garota, de apenas 16 anos, nadou os últimos 100 metros da final dos 400 metros medley na mesma velocidade que Jonnhy “Tarzan” Weissmuller e bateu o recorde mundial dos 100 metros livre nos Jogos de 1928.
Mas os adversários podem tirar o cavalinho da chuva porque a chinesa não será pega no exame antidoping. Na China, treinamento é coisa séria.
Tão séria que outra atleta, Wu Minxia, que levou o ouro nos saltos ornamentais, só descobriu as mortes do avô, da avó e o câncer de mama de sua mãe depois que desceu do pódio.
Sua família resolveu guardar os segredos – mantidos há mais de um ano – para não atrapalhar o treinamento da atleta. A menina não morava com a família havia dez anos.
Na China é comum os atletas abdicarem da vida social para se dedicarem exclusivamente à carreira. Ou ao sofrimento, como mostra a foto acima.
O palco da tortura é o “Nanning Gymnasium”, em Nanning, um dos mais de 4 mil centros de treinamento do país. É para um desses locais que as crianças são mandadas para aprenderem a ser campeãs.
Meninos e meninas, que parecem não ter mais do que 5 ou 6 anos, são submetidos a todos os tipos de estica e puxa e chegam até a apanhar de seus treinadores.
“No caso de esquecerem do motivo de estarem lá, uma grande faixa com os dizeres ‘Ouro’ as lembra”, diz uma matéria do jornal “The Daily Mail”, que publicou uma sequência de fotos impressionante sobre a “fábrica de atletas” na China.
Eita ouro que sai caro…

Vejam as fotos AQUI

Anúncios

12 Comentários »

  1. Embora os métodos me causem repulsa e eu discorde deles, tenho que concordar que não há conquista sem sacrifício… Acho que os sacrifícios não precisam ser assim, tão brutos…

    Comentário por Vaninha — 2012/08/02 @ 10:06

  2. é o famoso NO PAIN NO GAIN

    Comentário por joao — 2012/08/04 @ 00:40

  3. Fui ginasta. Meus treinos eram muitas vezes dolorosos, algumas vezes relaxantes, mas a maioria me fazia chorar. Não via o menor problema, pois através de muito esforço e muita dor conquistei muitas coisas, não só medalhas mas também metas pessoais como por exemplo um movimento que tinha uma dificuldade mais alta e eu não conseguia realizar, sempre me fazia querer, lutar, cair, chorar, sofrer e me superar. O esporte nos faz superar, e para haver superação precisa haver sofrimento.

    Comentário por Letícia — 2012/08/04 @ 01:36

  4. Duro método? Duro é você ser atleta brasileiro e ter que trabalhar juntamente com o esportes, não receber incentivos do governo e dificilmente ter patrocinadores na fase infantil, que só tendem à aparecer mais tarde, quando você já fez seu sucesso sozinho…
    ISSO SIM é duro método!

    Comentário por Vitor Bassi — 2012/08/04 @ 11:06

  5. Exageros sempre são ruins. Precisa haver um equilíbrio. Muitos confundem as coisas e é preciso entender as diferenças entre direção e autoritarismo. É preciso respeitar a habilidade natural de cada ser humano.

    Comentário por Balaio — 2012/08/04 @ 13:24

  6. Não se trata de tortura e sim de treinamento dedicado,difícil,intensivo e eventualmente doloroso,por se tratar de atingir e até superar limtes físicos. Disciplina faz milagres,acreditem.

    Comentário por mundico — 2012/08/04 @ 14:03

  7. Fico pensando quais os beneficios para a humanidade significa esses “ouros”. Temos que lembrar que para sobreviver precisamos viver em coletividade, um homem sozinho não sobrevive. Assistam o filme “O naufrago”. Que superação de desafios que podem modificar a sua sobrevivência? Não entendo…

    Comentário por Angela Ramos da Silva Paula — 2012/08/04 @ 16:41

  8. O que não mata, fortalece.

    Comentário por Fransoad — 2012/08/04 @ 23:06

  9. Reblogged this on Portanto Entretanto Todavia.

    Comentário por Ana Maria Nunes — 2012/08/05 @ 14:02

  10. Tenho consciencia que para ser um medalha de ouro, ha que haver dedicação desmedida,incomensuravel.
    Mas tem que ser uma escolha sua e não imposição. Com 5 ou 6 anos de idade,com certeza não é uma escolha…Exagero, com certeza. Tortura.

    Comentário por picida ribeiro — 2012/08/10 @ 14:47

  11. Quantas medalhas os atletas brasileiros obtiveram mesmo? Dedicação é uma coisa, tortura é outra, não vi ngm sangrando nas fotos, tem até uns sorrindo.

    Comentário por Joey — 2012/08/21 @ 19:32

  12. Alguns atletas brasileiros levam as Olimpíadas como turismo promocional.

    Comentário por Juventino — 2012/08/25 @ 18:06


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: