O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/07/16

CONGELA!

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 08:30

E não é que “A Era do Gelo” está nas paradas de novo? E pela quarta vez?
O início é promissor. O filme começa na pangeia causada pelo esquilo Scrat ao perseguir uma noz e com a chegada da família de Sid – o bicho-preguiça tão falante e desajustado quanto o burrinho de “Shrek”.
Mal aparecem, os familiares de Sid se mandam. Tempo suficiente para deixar a vovó-encrenca aos cuidados do neto Sid.
Mas o que parecia ser uma animação que acompanharia as (des) aventuras da dupla resvala para o de sempre: correria desatada do início ao fim. É tanto corre-corre que saímos do cinema cansados, tontos – se a sessão for em 3D – e cheios de perguntas.
Por quê? Por quê? Por quê?
Por que insistir na ideia do esquilo que persegue a noz pela quarta vez? A premissa é realmente sensacional, mas contar a mesma piada duas vezes raramente funciona.
Por que roteiristas e diretores acham que são necessárias sequências de ação infindáveis? Esquecem-se de que crianças também gostam de ouvir historinhas. E o mais importante: quem as leva ao cinema são os pais. Portanto, para que tanta gritaria e sebo nas canelas?
Por que não apostar mais em situações que deem margem a diálogos senão engraçados, pelo menos “engraçadinhos”?
Tanto Sid quanto a avó renderiam inúmeras cenas assim. Ambos são sem-noção e por isso são abandonados pela família. São eles os responsáveis pelas poucas risadas do filme – quando conseguem abrir a boca.
Por que a mania de inserir um musical lá pelo meio do filme? Será regra de algum estúdio de animação? Talvez esteja escrito em algum termo que desconhecemos: “Para constar da categoria ‘Animação’ é necessária, além da inserção de muita correria, pelo menos um número musical. Mesmo que não faça sentido à trama”.
Enfim, “A Era do Gelo 4” é menos pior do que a sequência anterior – dirigida, aliás, pelo brasileiro Carlos Saldanha, do chatíssimo “Rio” –, mas ainda assim dispensável. Não esperem o humor sutil e a erudição de um “Toy Story”.
E, finalmente: por que teremos de aguentar mais uma sequência? Sim, a tortura não tem hora para acabar.
“A Era do Gelo 5” vem aí.

Acima, a melhor cena do filme: o banho da vovó

Anúncios

1 Comentário »

  1. Assisti o filme e concordo com voce ! Menos na parte do esquilo,aquilo se tornou um marco do filme,ele é mais famoso que os personagens principais.

    Comentário por felipe — 2012/07/23 @ 20:22


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: