O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/07/07

NINGUÉM É PERFEITO

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 09:58

As pessoas não acertam sempre. Nem Woody Allen.
Este seu novo filme é uma bobagem. Preguiçoso até.
“Para Roma Com Amor” é uma reunião de quatro histórias: um casal recém-casado que chega a Roma vindo do interior; uma atriz em início de carreira que – dizem – é um poço de sensualidade; um pai de família anônimo que tem de lidar com a fama repentina e a melhor delas: um cantor lírico que só canta bem quando está debaixo do chuveiro.
O saldo é frustante. Primeiro porque nenhum dos episódios é desenvolvido como deveria. Depois porque assim que os personagens são apresentados esperamos ser surpreendidos com os revezes e as soluções mirabolantes que sempre acompanham a grife Woody Allen. Sim, somos surpreendidos, mas pela previsibilidade.
A explicação para o furo n´água talvez venha com a informação de que “Para Roma Com Amor” foi quase um filme feito sob encomenda. Woody Allen recebeu um convite de financiamento de distribuidores romanos e aceitou. A oportunidade de realizar o desejo antigo de filmar em Roma e de conseguir dinheiro rápido – e de uma única fonte – fez os olhos de Woody brilharem.
À exceção da história do cantor de ópera – sensacional, ainda que previsível – as outras três são frágeis e gratuitas. Ellen Page como atriz irresistível não convence, bem como a ideia de uma garota de programa (Penelope Cruz) assediar um interiorano mesmo sabendo que ele não era seu alvo.
Resta o elenco. Dizem que o sonho de todo ator é trabalhar com Woody Allen. E isso tem ficado bem claro a cada novo filme do cineasta.
Neste “Para Roma Com Amor”, Alec Baldwin, Penelope Cruz, Jesse Eisenberg (que interpretou Mark Zuckerberg) e Ellen Page (de “Juno”) dividem a tela com atores italianos famosos como Roberto Benigni e Ornella Muti.
Se serve de consolo, Woody Allen também está no elenco – seis anos depois de atuar em “Scoop”.
Enfim, não foi desta vez. Aguardemos a próxima tentativa do cineasta.

Anúncios

3 Comentários »

  1. Pizza e Woody até ruins são bons. Aháhá. Amo.
    Ouvi vários comentários ratificando seu (excelente, as always) post.
    A conferir.

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2012/07/07 @ 20:26

  2. Ihhh, vou discordar da nossa amiga Selma. Woody Allen é um chato de galocha, estende sua chatice (meio desonesta) pros filmes. Exceção feita para “Meia-noite em Paris” que, mesmo assim, faz o ator Owen Wilson ser um supérstite do próprio Woody, no jeito de atuar, de falar…
    Abção,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2012/07/09 @ 11:21

  3. Nem sempre goste de Woddy Allen.Gosto na maioria das vezes.

    Comentário por picida ribeiro — 2012/07/10 @ 11:28


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: