O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/05/12

ASTRONAUTA DE GELO

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 08:26

Normalmente temos dois comportamentos opostos diante dos utensílios mais simples e confortáveis do nosso dia a dia. Ou nunca pensamos como surgiram ou nunca deixamos de nos maravilhar com invenções espetaculares, como a pipoca para microondas ou os sucos longa vida.
Comida congelada é um item inquestionável. Esquecido até. É retirada do freezer sem grandes perguntas. Mas houve um cara que um dia pensou em congelar um punhado de ervilhas. Ele se chama Clarence Birdseye.
No recém-lançado “Birdseye: The Adventures of a Curious Man” o autor Mark Kurlansky conta curiosidades sobre a vida daquele que é considerado o inventor do processo de congelamento.
Birdseye é descrito como um cara apaixonante. Curioso, prolixo, persistente e ótimo vendedor, gostava de saber por que as pessoas agiam de um jeito e não de outro.
“Nos Estados Unidos do início do século 20 não havia alimentos frescos o suficiente. Então ele começa a ficar preocupado com sua esposa e filho. Depois de notar que os peixes pescados pelos esquimós congelavam assim que saíam da água, Birdseye descobriu que se um alimento congela-se rapidamente ele não perde a textura. Isso é algo que os produtores de sal sabiam há séculos – na cristalização, o quanto mais rápido os cristais são formados, menores eles são. Se o congelamento durar dias o alimento vira um grande cristal e fica uma papa”, conta Mark ao site “NPR”.
Birdsye se torna empresário depois de abandonar a faculdade ao concluir que não tinha dinheiro para pagar os estudos. Em 1912 ele parte para a região de Labrador, no Canadá, e se dedica ao mercado de pele de animais.
Foi durante esse período que ele fez uma simples, mas revolucionária, descoberta.
Birdseye reparou – através das práticas dos esquimós – que os alimentos congelados no frio do inverno ártico eram mais saborosos do que os que congelavam nas temperaturas amenas da primavera ou do outono.
De volta aos Estados Unidos, em 1925 ele inventa a “Quick Freeze Machine” (máquina para congelamento rápido).
Quando seus congelados chegam às prateleiras, em 1930, a seleção de pratos incluem ervilhas, espinafre, cerejas, peixes e diversos tipos de carne.
Ele funda uma companhia em Gloucester, Massachussets, mas não estava interessado em ter uma empresa de frutos do mar – Birdseye sabia que não havia mercado para esse tipo de produto congelado.
Quando estava interessado em conseguir novos investidores, Birdseye mandava jantares congelados completos para apartamentos em Manhattan. “Ele tinham total confiança em seu produto. Sabia que se as pessoas provassem, iriam amar”, diz Mark. “Quando Birdseye encontrava algo na natureza ele sempre imaginava o gosto e a melhor maneira de preparo. Isso era exótico numa época em que o enlatado e as comidas preservadas com sal eram o que existia”.
Alimentos congelados podem até não ser a coisa mais saborosa do mundo, mas não há como negar que são uma das melhores invenções do século passado.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Hoje os congelados fazem parte da nossa vida. Indispensaveis!

    Comentário por picida ribeiro — 2012/05/12 @ 11:50


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: