O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/05/06

O ARMÁRIO JAPONÊS

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 09:49

De onde vem a fixação dos japoneses por fantasiar-se? Provavelmente já existe algum estudo a respeito dessa necessidade deles de fugir da realidade e fingir-se de super-herói, de astro da música ou do videogame, de personagens de mangá ou de desenhos animados e até de bonecas.
Já notaram como o lado drag queen dos japas é acentuado? E ele está fazendo escola.
Uma matéria publicada no site da “Reuters” dá conta da existência de um “fenômeno cultural” na cidade de Monterrey, no México: a moda “Lolita”.
“Lolita” é uma moda de rua japonesa que começou a virar estilo na década de 80. De certa forma é saudosista – inspirada no Rococó e na moda do período Vitoriano.
Há várias subdivisões de “Lolita”, mas o traje básico é quase o de uma boneca: blusa com mangas bufantes, saia rodada no comprimento do joelho e suportada por anágua de renda, meia 3/4, sombrinhas com babados e algum objeto decorativo na cabeça, como lenços, tiaras ou chapéus.
O objetivo não é passar uma imagem sexy, mas de mulher elegante, bonita e fofa.
Mais do que a preocupação com a roupa, ser “Lolita” é um estilo de vida. Até para atividades cotidianas – como ir ao trabalho ou ao supermercado – elas usam o figurino característico.
As “Lolis” geralmente frequentam karaokês, fazem piqueniques, promovem encontros para tomar chá, bordar ou costurar e se reúnem em confeitarias.
Mas o “fenômeno” não se restringe ao Japão ou ao México. O Brasil também tem suas “Lolis”.
Em dezembro do ano passado ocorreu o segundo encontro nacional, o “Meeting Nacional Lolita”, no bairro da Liberdade (claro). Na programação estavam incluídas atividades como chá da tarde, workshops de maquiagem e cabelo, karaokê e até bingo.
Fuçando um pouco mais descubro que a brincadeira é levada a sério por muito mais brasileiros.
Em novembro de 2011 aconteceu o “1º Chá e Passeio Histórico de São Paulo”, que reuniu 40 pessoas nos jardins do Museu do Ipiranga. O “dress code” englobava de Idade Média a 1914 (Belle Époque) e aceitava também o “Gothic Lolita”.
Além de tempo e dinheiro para compor o visual, para ser “Lolita” é preciso ter disposição para se montar. Taí mais uma coisa que temos de aprender com os japas.

Vejam as fotos do site da “Reuters” AQUI

Anúncios

2 Comentários »

  1. Pois é minha nobre amiga Tati, esse povo tá sempre inovando…e olha que eles vivem sofrendo com tragédias! Será que essa moda pega por aqui? As brasileirinhas adoram moda em que a vestimenta é nada… ou seja peladas!

    forte abraço

    C@urosa

    Comentário por c@urosa — 2012/05/06 @ 10:15

  2. Muito embora alguns de meus gostos sejam até parecidos (por exemplo, bordar), pergunto: em que mundo essas pessoas vivem? Achei tudo muito infantil…

    Comentário por Vaninha — 2012/05/07 @ 08:59


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: