O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/04/20

E DE PENSAR QUE EXISTIU

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 09:52

Até Barack Obama ser eleito o homem mais poderoso do mundo, os negros americanos já passaram por maus bocados.
Um museu que está prestes a ser inaugurado – no dia 26 de abril – conta por meio de milhares de objetos e documentos como as ideias racistas dominaram a cultura americana por décadas.
O “Jim Crow Museum of Racist Memorabilia” (“Museu das Lembranças do Racismo Jim Crow”), em Michigan, é um local que deve ser evitado por pessoas sensíveis.
Acredita-se que seja a maior coleção de artefatos da era da segregação do país.
Atualmente o acervo conta com 9 mil objetos – nem todos expostos ao público – que mostram afroamericanos por meio de diversos estereótipos. Em alguns casos exaltam a violência contra eles e os representam como seres preguiçosos. As mulheres, por exemplo, são retratadas como “mamas” gordas com aventais e lenços na cabeça.
O nome Jim Crow é comumente relacionado às leis de segregação racial que surgiram entre o fim do período da Reconstrução americana (em 1877) e duraram até o meio dos anos 60.
David Pilgrim, fundador e curador do museu que começou a recolher os objetos ainda na adolescência, não faz apologias. Segundo ele, o objetivo da exposição – avaliada em 1,3 milhão de dólares – é levar às pessoas a pensarem. “É uma exposição educativa, não um santuário racista”, explica.
David – ex-professor de Sociologia na universidade de Ferris State – iniciou sua coleção na década de 70, no Alabama. Durante todo esse tempo, conta ter gastado mais tempo em antiquários e mercados de pulga do que as próprias pessoas que trabalham nesses lugares. “De repente minha coleção virou tudo. Era a maneira que eu encontrava para relaxar”, diz ele.
Em 1996, David doou suas 2 mil peças à universidade após concluir que elas precisavam de “uma casa real”.
Durante 15 anos os objetos ficaram expostos numa única sala e podiam ser vistos após agendamento. Graças à ajuda da universidade e de outros doadores, a coleção ganhou um lugar permanente.
Alguns visitantes deixam o museu ofendidos ou nervosos.
Um dos estudantes da universidade ficou particularmente “mexido” com uma série de itens sobre o presidente Obama. Uma camiseta numa vitrine com a inscrição “Obama 08” é acompanhada de uma ilustração de um macaco segurando uma banana.

Confiram mais fotos AQUI

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: