O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/03/14

A TÁTICA DO DINOSSAURO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 09:20

Na busca por uma posição no mercado de trabalho não basta ser o melhor. É preciso, além de ser mais forte e preparado do que os concorrentes, ter o perfil para a vaga. Aí entra a dose de subjetividade que apenas os especialistas em Recursos Humanos e empregadores podem medir.
Nos Estados Unidos e em alguns lugares da Europa, para conseguir o emprego dos sonhos o candidato precisa primeiramente descobrir que tipo de dinossauro é.
Isso porque é crescente o número de empregadores que estão usando “técnicas de entrevista extremas” com perguntas como “Se você fosse um dinossauro, de que tipo seria?”.
Apesar de afirmarem que o jeito que o candidato responde é mais importante do que a resposta em si, as chances de o aspirante não conseguir a vaga se disser que gostaria de ser um Tiranossauro Rex são grandes. Podem classificá-lo como predador canibal.
Responder que poderia ser um “Diplodocus” também não o levará muito adiante no processo. Podem chamá-lo de sexista.
A tática do dinossauro é a preferida dos entrevistadores que têm usado a nova técnica. A resposta geralmente é “T-Rex”.
A técnica – usada para distinguir um candidato excepcional de um capaz – começou a ser praticada pelas empresas do Vale do Silício, na Califórnia. Um dos pioneiros foi Steve Jobs.
O “Google”, por exemplo, é reconhecido por ter um intenso processo seletivo. Os candidatos primeiramente têm de responder a um dossiê de 50 páginas sobre sua vida.
Uma das recentes questões feitas a um candidato é: “Você foi mandado para uma ilha deserta e tem 60 segundos para escolher pessoas de dez profissões diferentes para ir com você. Quem você escolheria?”.
Já a “Hewlett-Packard” (HP) elabora perguntas do tipo: “Se os alemães fossem as pessoas mais altas do mundo, como você provaria isso?” – uma referência a um trecho do hino nacional alemão, “Deutschland Deutschland über alles” (“Alemanha, Alemanha acima de tudo”).
David Moyle, caça-talentos do “Eximius Group”, em Londres – admite que Steve Jobs sacava a “pergunta dinossauro” durante o recrutamento.
“Se estivesse à frente de um candidato que ele considerava fraco, Jobs imitava um frango – balançando os braços e até cacarejando – para avaliar a reação do aspirante. Tentamos dar a oportunidade de eles mostrarem sua personalidade em vez de apenas demonstrarem como agem durante uma entrevista”, diz David.
Outras perguntas comuns desta nova modalidade de recrutamento são: “Se você fosse um biscoito, que tipo gostaria de ser?”; “Dê cinco usos para um grampeador sem grampos”; “Diga três músicas da Lady Gaga”; “Com uma ampulheta com duração de quatro minutos e outra de sete minutos, como você calcula exatamente nove minutos?”; “Numa escala de zero a dez, o quão estranho você é?”; “Que personagem de TV mais se parece com você?”; “Você está expelindo ar quente?”; “A vida te fascina?”; “Sala, mesa ou carro – o que você limpa primeiro?”; “O que você acha dos gnomos de jardim?”.
Se a técnica é moda no Vale do Silício, imaginem em quanto tempo chegará por aqui. Já dá para vocês irem ensaiando as respostas…

Anúncios

3 Comentários »

  1. Vejo que eu teria serios problemas,um criterio desses de seleção.
    Não soube responder de imediato a nenhuma dessas perguntas… já teria dançado rsrsrs

    Comentário por picida ribeiro — 2012/03/14 @ 10:38

  2. …kkkk… apenas não soube responder à pergunta para citar 3 músicas da Lady Gaga…

    Comentário por Alessandro Martins — 2012/03/14 @ 11:58

  3. Tudo muito subjetivo… Apesar disso, eu realmente acho que elas podem mostrar algo sobre a pessoa e seu perfil profissional, muito embora acredite que muitos respondam T. rex por simplesmente não terem a mais vaga ideia de outras espécies de dinossauros. ADOREI este post, Tati! Me diverti com as perguntas! Beijos.

    Comentário por Vaninha — 2012/03/14 @ 14:24


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: