O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/03/01

BIG BROTHER SUÍNO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 08:34

Quem tem o hábito de ler embalagens já deve ter notado que em muitos casos há o seguinte aviso: “A foto é meramente ilustrativa. A toalha não acompanha o produto”.
Pois agora, na embalagem de certas salsichas alemãs, está escrito mais ou menos assim: “Esta embalagem contém este lindo porquinho”.
É isso mesmo. Os carnívoros alemães já podem comprar seus salsichões com a foto do porco que foi sacrificado para a confecção do embutido.
A ideia é de um estudante de Berlim que pretende mudar a maneira como as pessoas veem os animais. “Acho que o homem perdeu o contato com a sua comida. As pessoas comem salsicha como cenoura sem sequer pensarem sobre como aquilo chegou ali”, diz Dennis Buchman, o fundador da “Meine Kleine Farm” (algo como “Minha Pequena Fazenda”).
Além de contar com o retrato do bicho na embalagem, o consumidor pode visitar o site do fabricante e votar no animal que gostaria de eliminar. O vencedor é “convertido” em salsichas e outros produtos.
O campeão deste mês foi o porco número 3, que recebeu o maior número de votos através de uma competição no Facebook. Ele foi executado dia 24 de fevereiro na fazenda do criador, Bernd Schulz, em Brandenburg.
A carinha do porco ilustrará 250 vidrinhos de “Leberwurst” (espécie de patê de fígado), 50 “Cotechino” ou “Schlackwurst” (embutido de carne de porco fresca, típico da cidade de Modena, na Itália) e outros produtos.
Os campeões do momento são os porcos 4 e 5, que serão executados no próximo mês.
Dennis Buchman seleciona os porcos na fazenda de Bernd, fotografa as vítimas e depois coloca as imagens no site com a descrição de cada um.
Ele também atualiza o site com detalhes da vida de cada porco e o consumidor pode acompanhar seu progresso (ou regresso, no caso).
“O porco 6 ficou com um corte no pescoço depois de se meter numa briga com outros porcos, mas o ferimento parece pior do que de fato é”, informa o site.
Bernd Schulz, o fazendeiro que cria os bichinhos, está entusiasmado com a iniciativa. “Temos que encarar o fato de que somos descendentes de caçadores. Ao mesmo tempo, temos que mostrar respeito e reverência aos animais e pensar naqueles que morreram por nós”.
Bernd tem cerca de 300 porcos tratados com uma alimentação orgânica e criados sob o lema que aparece numa faixa na fazenda: “o bem-estar do animal em harmonia com a natureza”. Ele deveria acrescentar: … “e em harmonia com o meu bolso”.

Confiram o site AQUI

Anúncios

2 Comentários »

  1. Eu achei isso macabro demais para quem pensa no “respeito” aos animais… Fala sério! Tem que ser muito carniceiro (isso mesmo, não carnívoro!) para ver a foto do animal na embalagem e comprar e, pior ainda, votar na próxima vítima. Tô aqui PASMA!
    Bjão.

    Comentário por Vaninha — 2012/03/01 @ 11:19

  2. Concordo com comentario acima.

    Comentário por picida ribeiro — 2012/03/01 @ 16:46


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: