O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/02/29

ESPELHO MEU

Arquivado em: Mentes brilhantes — trezende @ 09:21

Não importa se homem, mulher, gordo, magro, velho ou novo. Todo mundo quando acorda de manhã sente aquela estranha sensação ao se olhar no espelho. Uns se acham gordos, outros envelhecidos, abatidos, tristes, amassados, barbudos e, claro, despenteados. O saldo nunca é positivo.
Depois da primeira espiada, vem a conferida nos detalhes – seguida de careta – e a abertura dos trabalhos do dia: escovar os dentes, fazer a barba ou a maquiagem, espremer um cravo e dar um tapa na peruca.
Esses rituais diários e obrigatórios diante do espelho são o tema do artista Heikki Leis, que tem 38 anos e mora em Tartu, a segunda maior cidade da Estônia.
Em  “Everyday Reflections”, série de desenhos ultrarrealistas a grafite, ele retrata artistas conhecidos na Estônia, como o cantor e ator Peeter Volkonski; o cartunista e artista gráfico Priit Pärn; o escritor Andrus Kivirähk e a cantora Liisi Koikson.
A série demorou dois anos para ficar pronta. Segundo Heikki, é possível fazer um único desenho num mês se o trabalho for realizado diariamente.
Além de desenhista, Heikki é escultor e fotógrafo – daí o realismo absurdo de seu projeto.
Numa entrevista, quando perguntado sobre o que faz da Estônia ser um bom lugar para a alma do artista, ele responde: “Não sei se há algo no ar daqui que nos predispõe a fazer arte. De certa forma sou influenciado pela escuridão e o frio dos outonos e invernos. Há tempo para ficar em casa e pensar em fazer algo. Durante os verões quentes eu geralmente não tenho vontade de desenhar”.
Ainda bem que Heikki não é baiano.

Confiram os desenhos AQUI

O tema Rubric. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.