O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/12/14

QUANDO UM GATO VIRA ZEBRA

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 10:19

Todo mundo entende o que é fazer uma cara de gatinho do “Shrek”.
O mérito da expressão é todo do Gato de Botas, personagem que graças ao olhar meigo conquistou nossa simpatia e ganhou um filme só para ele.
Sinceramente? Uma decepção. Talvez tenha sido um exagero. “O Gato de Botas” é um filme esticado – bota esticado nisso.
Na tentativa de preencher os minutos da animação, os quatro roteiristas misturaram fábulas famosas como João e o Pé de Feijão e a Galinha dos Ovos de Ouro – que no filme vira a Gansa dos Ovos de Ouro – e entregaram um Frankenstein.
Uma história confusa, fraca e arrastada com muito corre-corre, cenas de dança flamenca e a inclusão de um personagem inexplicável: o ovo Humpty Dumpty, um vilão chatíssimo, sem carisma e injustificável.
Parte do mistério se explica através do site IMDB, que informa que originalmente “O Gato de Botas” tinha previsão de ser lançado diretamente em DVD.
Ao lado da gata Kitty Pata Mansa e do Ovo, o Gato de Botas precisa roubar feijões mágicos que estão com o casal de vilões Jack e Jill. Uma vez plantados, os feijões dão origem ao pé capaz de os levar aos céus, onde está a gansa que bota ovos de ouro.
Na versão original, o gato é dublado por Antonio Banderas. Mas quem deseja ouvir a voz do galã vai ter de batalhar. Como 80% das cópias são dubladas, o público tem de se contentar com Alexandre Moreno. Quem encontrar uma cópia legendada ganha um doce.
Há ainda uma referência à maconha que na versão brasileira vira um diálogo sem pé nem cabeça. Ao ser preso, o gato ouve do guarda: “O que são essas ervas para gato?”. Na versão original, o gato responde que é para o tratamento de glaucoma, mas em português vira “é minha fitoterapia”.
Enfim, há duas saídas: calçar as botas e deixar a sala ou colocar os óculos para o 3D e sonhar que está na praia.
Quem sabe o outro personagem carismático de “Shrek”, o Burro Falante, não rendesse um filme melhor?

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: