O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/11/25

CAMINHANDO E CATANDO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 07:54

O “flash mob” é quando um grupo de pessoas se junta para realizar uma ação que foi combinada pela Internet. Vale desde guerra do travesseiro até passeata de zumbis.
O maior e mais famoso deles foi exibido pelo programa de Oprah Winfrey em 2009. Nele, cerca de 21 mil pessoas dançaram uma coreografia ao som de “I Gotta Feeling”, do Black Eyed Peas.
A princípio, a ideia é apenas a diversão.
Segundo a revista “Wired”, a moda do momento são os “flash robs”. O negócio começou em Washington, em abril, quando cerca de 20 pessoas entraram numa loja de jeans e rapidamente levaram 20 mil dólares em produtos. Desde então, a atividade se expandiu para cidades como Dallas, Las Vegas, Ottawa e Upper Darby.
O mais recente ocorreu no sábado num 7-Eleven em Silver Spring, Maryland, e foi obra de um grupo de crianças.
Como a maioria dos crimes continua sem solução, a polícia não sabe dizer quem são as crianças e como se reúnem, mas alguns conservadores do jornal “Christian Science Monitor” garantem que já presenciaram alguns “flash robs” e afirmam envolver adolescentes afroamericanos. Em agosto, escreveram uma matéria com o seguinte título: “Flash Robs: Are They The Race Riots of the Internet Age?” (“Flash Robs: Eles São as Revoltas Sociais da Era da Internet?”).
Numa pesquisa realizada em agosto pela Federação Nacional de Varejistas revelou que 10% dos lojistas americanos já foram vítimas de algum “flash rob”.
Segundo a revista “Wired”, ao contrário do que faz crer o jornal cristão, os grupos de ladrões não agem com violência e preferem levar itens que custam poucos dólares em vez de aterrorizarem os operadores de caixa.
Os adolescentes parecem inclusive felizes em participar da ação – alguns vídeos mostram imagens de ladrões bem sorridentes.
Enfim, de acordo com a “Wired” é uma espécie de onda de rebeldia sem causa, já que depois os adolescentes veem as imagens das câmeras de segurança que circulam no “Youtube”.
O otimismo da “Wired” é bonito de se ler.
Pensando em como certas manias e comportamentos americanos encontram praticantes mundo afora, concluí que em breve os “flash robs” chegarão por aqui. Mas de repente lembrei-me de nossos arrastões. O que são eles se não “flash robs”?
A diferença é que os nossos, até por sermos um país tropical, ocorrem ao ar livre, como na praia ou nas engarrafadas ruas paulistanas.

Nos próximos dias estarei no Rio. Novos posts a partir de terça-feira. Até!

Anúncios

2 Comentários »

  1. Aproveite a viagem. Apesar de tudo “O Rio de Janeiro continua lindo”

    Comentário por picida ribeiro — 2011/11/25 @ 13:42

  2. Cuidado com arrastões aí! rsrs. Abraços e até.

    Comentário por josé cláudio - Cacá — 2011/11/29 @ 08:02


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: