O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/11/21

O PESO DA LEMBRANÇA

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 10:34

Ainda intrigada com a “amnésia lupiana”, coincidentemente deparei-me com um artigo sobre a memória do elefante.
Diversos estudos já demonstraram que o elefante tem mesmo uma memória proporcional ao seu tamanho. “Um elefante nunca se esquece”, dizem.
Segundo um artigo da editoria de Ciência da revista “Wired”, a qualidade da memória acentua-se com a idade e é mais frequente entre as fêmeas, que graças a essa sensibilidade assumem o papel de líderes e ajudam na sobrevivência do grupo.
Karen McComb, pesquisadora da Universidade de Sussex, em Brighton, Inglaterra, diz que elefantas com 60 anos ou mais conseguem avaliar uma ameaça com mais perspicácia do que suas companheiras mais novas.
Grupos familiares formados pela mãe e por uma dúzia de filhos podem permanecer juntos por décadas. A elefanta mais velha comanda – mas discretamente. “Ela pode até não andar na frente do grupo enquanto estão à procura de água, por exemplo, mas os outros elefantes estão sempre prestando atenção às reações dela”, diz Karen McComb.
Para testar a liderança, Karen e seus colegas reproduziram o aúdio de rugidos de leões para 39 famílias de elefantes num parque nacional no Quênia.
Os cientistas compararam as reações ao rugido de um leão versus os de três leões e descobriram que todas as matriarcas foram capazes de perceber que três eram mais ameaçadores do que um. Além disso, tiveram sensibilidade para notar que os leões eram mais perigosos do que as leoas.
“Temos um dilema interessante aqui – que pode se aplicar aos humanos também”, diz Mark van Vugt, da Universidade de Amsterdã. “O grupo talvez queira um integrante jovem, atlético e agressivo para ser o líder e defender o bando – como um Schwarzenegger – mas ao mesmo tempo quer um mais velho e experiente que consiga avaliar as situações de risco”.
“Se os mais velhos forem retirados do grupo isso pode causar muito mais impacto do que se imagina. Eles são uma espécie de depósito do conhecimento ecológico e social. Caçadores em busca de grandes e velhos elefantes representam uma ameaça gigantesca à espécie”, explica Karen.
Tomara que Lupi jamais tenha notícia da relação entre memória e elefantes. Pode usá-la como álibi.

Anúncios

3 Comentários »

  1. Pra mim não chega a ser uma novidade que “a fêmea lidera o grupo” e “não esquece de nada”. Lá em casa, isso acontece a quase 8 anos…

    Comentário por Joubert — 2011/11/21 @ 14:34

  2. Agradavel seria o Lupi sair de fininho com sua boca maldita, antes que caçadores venham fritar o velho mentiroso.

    Comentário por Juventino — 2011/11/21 @ 15:46

  3. ADorei comentário de Joubert!

    Comentário por picida ribeiro — 2011/11/22 @ 09:47


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: