O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/10/23

A PÃO (ÁZIMO) E ÁGUA

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 08:41

E eu que pensei que Ariel Sharon já estivesse morto.
Na verdade, o ex-primeiro-ministro israelense está em coma profundo há mais de cinco anos. Entre 2005 e 2006 ele sofreu dois derrames. O segundo o deixou em estado vegetativo.
Além da surpresa diante da presença de Sharon no mundo dos vivos, acabo de descobrir que o ex-primeiro-ministro era gordo. Mais: que parte de seus problemas de saúde podem ser creditados à obesidade e ao seu colesterol alto.
Quem nos conta sobre os hábitos alimentares de Ariel Sharon é Matt Rees, correspondente internacional que mora em Jerusalém e durante mais de uma década cobriu o Oriente Médio para as revistas “Newsweek” e “Time”. Além do trabalho jornalístico, Matt é um premiado autor de romances policiais.
Segundo o jornalista, Ariel Sharon tinha vergonha de seu peso. Na maioria das vezes ele comia distante dos olhos do público. “Deixe-o comer bolo. Ou muffins. O que ele quiser. Na verdade, empanturrando-se ele fica calmo. Essa era a fórmula de Netanyahu”, diz o artigo, publicado no site “Salon”.
“A primeira vez que o vi foi quando ele ocupava um ministério no primeiro governo de Benjamin Netanyahu. Em 1998, ele já tinha 70 anos de idade”.
O primeiro encontro aconteceu na fazenda de Sharon, ao sul de Israel, poucos meses antes de ele se tornar primeiro-ministro em fevereiro de 2001.
Sharon não estava de terno. “Sua forma gigantesca foi revelada. De jeans e camiseta ele parecia o Homer Simpson. Sua corpulência era tamanha que pareciam faltar-lhe as características físicas. Eu seria capaz de desenhá-lo como uma elipse única da testa ao dedo do pé”.
Sharon não queria que o povo lesse artigos que o descrevessem comendo uma salada de batatas ou devorando um frango inteiro. Ele não queria pessoas dizendo ‘Veja, é o velho Sharon, o mesmo monstro com nenhum autocontrole. Ele não consegue parar de comer e não consegue parar de mandar tanques aqui e lá. Ele não tem fronteiras, não tem limites’”.
Em 2000, após a morte da esposa Lily, seu problema com a comida se agravou. Além dela ser a única capaz de controlá-lo, ele preenchia a ausência da esposa comendo.
“Sharon tinha uma queda por testículos de peru assados em espeto de churrasco, algo que depois eu descobri que é meio chicletento – parecido com cérebro – e que tem um leve sabor de vieiras”.
Um ex-assistente contou ao repórter que “Arik” – como os israelenses se referiam a Sharon – costumava mandar um motorista particular buscar frango assado num restaurante em Beit Jala, uma vila nos arredores de Belém, e também trazer potes de um purê de alho especial feito pelo proprietário, um palestino-cristão.
Numa entrevista em sua casa, em Jerusalém, pouco antes do segundo derrame, Sharon mostrou-se mais consciente a respeito de seu físico. Quando o fotógrafo que estava com Matt quis fazer um registro, Sharon preferiu posar atrás da mesa.
Eles encaminharam-se a uma sala e, no centro de uma mesa havia um prato cheio de “halva” – um doce feito à base de sementes de gergelim, pistache e açúcar que geralmente é servido com café.
Quando o café chegou, Sharon puxou o prato para perto dele e enquanto conversava com Matt, comeu tudo. “Já passava das nove da noite. Uma quantidade considerável de açúcar”, escreve o repórter.
“Mas todo político tem seus segredos – o primeiro-ministro sucessor de Sharon, Ehud Olmert, penteia o cabelo para o lado sobre sua óbvia careca. Esse era o de Sharon. Ele queria que as pessoas pensassem que ele não era gordo. Talvez ilusão seja parte do sucesso político”.
Mesmo tendo acompanhado tudo isso de perto, Matt diz que nunca falou sobre os hábitos alimentares de Sharon – “não no tipo de revista para a qual eu costumava escrever”.
“Desde 2006, quando os médicos concluíram que ele não se recuperaria do coma, Sharon está numa unidade de terapia intensiva de um hospital em Tel Aviv. A piada macabra entre os correspondentes políticos israelenses é que ninguém é capaz de reconhecê-lo porque os médicos não estão dando muita comida através do tubo. Há quem diga que ele esteja pesando 50 quilos”.
Ai, meu colesterol.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Bom dia, Tati!
    Dieta radical, essa…
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2011/10/23 @ 09:18

  2. Irreconhecível. Ele está se fazendo de surdo.

    Comentário por Juventino — 2011/10/23 @ 18:28


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: