O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/10/17

SOIS REI!

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 08:49

Tarcísio e Glória, Nicette Bruno e Paulo Goulart e Batman e Robin são duplas dinâmicas que estão juntas há mais de meio século. Invariavelmente são personagens de matérias sobre amor, Dia dos Namorados e felicidade conjugal.
Mas qual o segredo para um casamento feliz? Eles têm o discurso-padrão: dizem que é o amor, a tolerância, o respeito mútuo, blá blá blá.
Segundo a Ciência, é idealizar o outro. É realmente acreditar que você está casado com a última Coca-Cola do deserto.
Uma matéria do jornal “Los Angeles Times” revelou o resultado de uma pesquisa sobre o assunto.
Aliás, a reportagem começa sugerindo algo muito criativo ao cupido. Se ele quiser melhorar a performance, deve, depois de encaminhar sua flecha ao casal, entregar óculos com lentes rosas e as seguintes instruções: ‘Para ser usado para enxergar seu relacionamento, a personalidade e o corpo do seu parceiro. Para um melhor resultado, comece a usá-lo logo depois do ‘Eu aceito’. Retire cuidadosamente por seu próprio risco’”.
O estudo – publicado em maio pelo jornal “Psychological Science” – acompanhou de perto, por três anos, 222 casais recém-casados.
“Os que eram mais idealistas em relação ao seu parceiro no início não demonstraram mudanças depois de três anos de casamento”, diz Sandra Murray, psicóloga da “Universidade do Estado de Nova York”, em Buffalo. “Se o seu parceiro te idealiza, não importa no que você acredite, você acaba ficando mais feliz”.
A pesquisa mostrou que a miopia pode ser boa não apenas para deixar os (as) amigos (as) solteiros (as) loucos (as), mas é ótima para manter a saúde de uma longa relação.
Além disso, os pesquisadores notaram que as “ilusões positivas” em relação ao outro funcionam entre casais hetero ou homossexuais, entre homens e mulheres, jovens e idosos e entre recém-casados e casais que estão juntos há muito tempo.
“Os mecanismos de como isso funciona ainda não estão totalmente esclarecidos”, diz Sandra, “mas é provável que acreditar que o seu parceiro é o tal te transforme numa pessoa mais comprometida e com intenções de construir algo com ele”.
Faz sentido. Desde que você saiba que está tapando o Sol com a peneira e consiga fazer cara de paisagem durante a tempestade.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Pois é minha amorosa amiga Tati, a grande questão você escreveu no final do seu reflexivo texto: são as tempestades nos relacionamentos, muita gente boa não sobrevive a elas! Enquanto o beijo na boca tem “sabor”, tudo vai bem na cama e tá dando pra pagar as contas, a gente vai levando…

    forte abraço

    C@urosa

    Comentário por Carlos Augusto Rosa da Conceição — 2011/10/17 @ 12:27

  2. O amor é totalmente idealizado. Na hora que a admiração pelo amado acaba, tudo acaba.

    Comentário por picida ribeiro — 2011/10/18 @ 11:17


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: