O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/06/30

MENU ATÔMICO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 10:21

Fato: a obesidade é a doença do século 21.
Por anos e anos a explicação para o aumento de peso parecia definitiva: a obesidade não seria mais do que o resultado da combinação de uma alimentação desregrada – e em excesso – com a falta de exercícios físicos. Alguns cientistas admitiam um componente genético.
Por outro lado, durante muito tempo cientistas ambientais já falavam da influência de fatores externos no aumento de peso – teoria sempre rejeitada pelo “mainstream”.
Agora a maré está mudando. Este mês, o jornal “Obesity Reviews” apresenta um estudo aprofundado sobre a relação entre meio ambiente e obesidade.
A ideia não é nova, mas as discussões anteriores restringiam o papel do “meio ambiente” à cultura fast food.
Basta olharmos à nossa volta para percebermos que, mesmo comendo o mesmo hambúrguer e tendo estilos de vida semelhantes, há pessoas que engordam mais do que as outras.
Os pesquisadores começaram a reconhecer que a obesidade vai muito além do cálculo de calorias e já estão convencidos de que há outros mecanismos importantes, como o hormonal.
São os hormônios que engordam os animais para o abate, bem como estão presentes em certos medicamentos que causam aumento de peso em humanos. Basta um leve desequilíbrio hormonal para o resultado aparecer na balança.
Paula Baillie-Hamilton, especialista em metabolismo e toxinas ambientais da Universidade da Escócia, foi uma das primeiras a relacionar a epidemia de obesidade aos químicos. Em 2002 ela ressaltou “a produção exponencial e o uso de químicos sintéticos orgânicos e inorgânicos”.
Ela até inventou um termo para essas substâncias: “calorias químicas”. Segundo Paula, a exposição a esses elementos pode danificar os mecanismos de controle de peso de nosso corpo.
Muitos estudos já mostraram que esses “desreguladores endócrinos” têm relação com a puberdade precoce, o câncer, as deformidades ao nascimento, o sistema imunológico debilitado e outras doenças. Agora a obesidade está nesta lista.
Outro cientista, Bruce Blumberg, na Universidade da Califórnia, fez um estudo em ratos e comprovou: as cobaias grávidas que receberam alimentos com doses de hormônios tiveram filhotes com 10% a mais de células de gordura do que as outras.
Ainda não é possível dizer o quanto de obesidade é causada pelos químicos e o quanto é pelo balanço de calorias. Por ora, a recomendação dos cientistas é que nos mantenhamos o quanto possível longe dos químicos.
Além de dar preferência às frutas frescas – em vez das embaladas em plástico – é recomendável evitar até certos tipos de água em garrafas plásticas – elas contêm um tal de “bisphenol-A” –, cosméticos e sabonetes com “ftalatos” – plásticos derivados do PVC – e embalagens que podem ir ao microondas e à máquina de lavar.
Socorro!

Anúncios

4 Comentários »

  1. “Porque o mal nunca entrou pela boca do homem…Porque o mal é o que sai da boca do homem…” (Pepeu Gomes)

    Comentário por Joubert — 2011/06/30 @ 15:28

  2. Minha Tati, vale uma encomenda? Gostaria de ler um postaço definitivo provando que chocolate emagrece. Promete?

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2011/06/30 @ 17:39

  3. Socorro!!! também. rsrs.

    Comentário por josé cláudio - Cacá — 2011/06/30 @ 17:42

  4. Socorro!!!! Digo eu 10 vezes rsrsrsr

    Comentário por cachaça rezendina — 2011/07/04 @ 08:42


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: