O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/05/16

FILHOS DE WOODSTOCK

Arquivado em: Mentes brilhantes — trezende @ 09:43

Um dos comerciais atualmente no ar na TV diz que apesar da modernidade, as pessoas continuam perdendo seus cachorros. Pois é. E apesar dos inúmeros hotéis de charme e albergues, tem gente querendo acampar no quintal do vizinho.
Em parte por economia, claro, mas em parte por charme. Não é só o “vintage” que está na moda.
O site “Campinmygarden.com” (“Acampe no meu jardim”) diz ser a primeira comunidade online a oferecer opções de hospedagem em quintais ou jardins pelo mundo. Lançado em abril, o site já conta com 7 mil sócios.
No momento em que se cadastra, o usuário pode anunciar seu quintal, jardim ou puxadinho ou fazer uma reserva de hospedagem no quintal alheio.
A busca por um espaço pode ser feita de duas formas: por localização ou por evento. Há de tudo: do Festival do Cavalo, em Windsor Castle, até o Campeonato da Torta Recheada, em Maidstone. Ambos na Inglaterra.
Os quintais e jardins são classificados de acordo com o conforto, as facilidades oferecidas e a distância do evento. Eles podem ser “bamping” (camping básico) ou “glamping” (camping glamuroso).
Segundo a fundadora do site, Victoria Webbon, o tamanho não importa e os proprietários podem cobrar por serviços extras, como lavanderia ou “babysitting”.
Assim como no sistema dos albergues da juventude, os associados se comprometem a ser transparentes e honestos nas informações que disponibilizam. Além disso, cada proprietário está ciente de que deve permitir que os acampantes tenham direito a até 28 dias de hospedagem por ano.
No site, cada espaço conta com um breve resumo e o valor da diária (a partir de 9 libras) – alguns deles têm opiniões e críticas de usuários.
Apesar de contar apenas com uma varanda, fiz o meu registro. E a notícia: não há nenhum quintalzinho cadastrado no Brasil.
Como veem, além das obras a passos de cágado para a Copa e as Olimpíadas, os brasileiros parecem pouco empolgados para sediarem os eventos.

Visitem o site AQUI

About these ads

3 Comentários »

  1. Tenho um gramadinho aqui em casa com 400 m2. Não tem banheiro no local. Será que rende quanto?? Moro em Friburgo…Vem aí o Festival de Inverno…

    Comentário por Angela — 2011/05/16 @ 10:06

  2. Ih, aí ó, é ruim de eu botar diferenciado no quintal da minha mansão…

    Hehehehehe… Só rindo, Tati.

    Beijocas!

    Obs.: pode ser via aqui mesmo mandar um abraço saudoso para Ricardo? Obrigada, sim, minha filha. Deus lhe dê em dobro.

    Comentário por Selma Barcellos — 2011/05/16 @ 12:36

  3. Na época da Copa não vai existir puxadinho com vista para o Cristo vago.

    Comentário por Juventino — 2011/05/16 @ 19:37


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: