O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/05/08

ESTADO DE ATENÇÃO

Filed under: Matutando — trezende @ 09:29

Ok. O Pará é o segundo maior Estado do país, mas daí a dividí-lo em três é outra história.
Na década de 90 chegamos a ouvir rumores sobre um suposto movimento separatista gaúcho, mas a notícia de que algum paraense estivesse insatisfeito é novíssima.
É quase certo que a ideia de dividir o Pará em três Estados não tenha vindo do devaneio de um feirante do Ver-o-Peso, mas da mente doente de algum político que um dia acordou e disse: “Taí, vou separar o Pará”.
De qualquer forma, de onde quer que tenha surgido a proposta, a população vai decidir através de um plebiscito se quer a criação de mais dois Estados, o de Carajás e o de Tapajós.
Se ganhar o status de unidade federativa, Carajás vai ser uma espécie de São Paulo do Pará. Herdará as maiores reservas minerais e os principais empreendimentos da Vale da região. Será um Estado próspero, o que causará melindre em Tapajós e Pará.
No entanto, os dois vizinhos têm à mão um ótimo argumento para baixar a bola de Carajás quando o luxo e a riqueza lhe subirem à cabeça. Lembrá-lo de seu passado nada glorioso: o de ter sido o palco do famoso massacre dos sem-terra de Eldorado dos Carajás.
Com a péssima moda de convidar um famoso para “interpretar” o Hino Nacional, quem cantaria os hinos dos dois novos Estados? Luan Santana ou Vanusa? Sim, porque a Fafá já é de Belém.
Mas os maiores dramas decorrentes do esquartejamento do Pará mobilizará todos os brasileiros. Quem vai ficar com a Joelma? E com o tecnobrega? A castanha-do-pará vai mudar de nome? Quem vai pagar a conta das respectivas Câmaras Municipais?
Se é para esculhambar, proponho a criação do Estado de Serra Pelada. A principal atividade econômica seria obviamente o garimpo do ouro. Já seus habitantes personificariam como nunca antes na história desse país o espírito do brasileiro: o de pelado e nu com a mão no bolso.

Quer conhecer o hino do Pará? Ouça AQUI

Anúncios

2 Comentários »

  1. Eu sou favorável à divisão. Acho que facilitaria, sim – a administração. Vejo que o desafio, caso isso ocorra, é estabelecer o desenvolvimento sem degradar o meio ambiente. Goiás foi dividido, criou-se o Tocantins, foi bom para os dois. Agoram falam-se por aqui na criação do estado do Planalto. A divisão territorial abrangeria boa parte dos municípios do entorno do Distrito Federal. Também sou a favor dessa e de outras em questão como divivir o Maranhão, Minas Gerais e outra vez o estado do Mato Grosso. No caso específico do Pará facilita a assistência a toda população. Forte abraço. Abração.

    Comentário por Ródrio — 2011/05/08 @ 14:49

  2. É uma questão dífícil. Governar um estado pequeno é bem mais fácil que governar um estado enorme como o Pará, mas a divisão trará o aumento do número de governadores, senadores, deputados federais, deputados estaduais e lá vai dinheiro. Vi que estão pensando em dividir outros estados e que o Brasil ficaria com 42 estados. Já imaginou pagar essa politicada toda? E a roubalheira??

    Comentário por Angela — 2011/05/08 @ 15:22


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: