O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/05/03

ISSO É COISA DA NOSSA CABEÇA

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 09:05

Com a morte de Bin Laden, o medo do terrorismo encontra um ponto final na vida de muitos americanos.
(Aliás, a questão do desaparecimento do terrorista fica para outro capítulo, bem como a discussão sobre o fim dos males do mundo).
Mas segundo uma reportagem da revista “Forbes”, 19 milhões de americanos sofrem de algum tipo específico de fobia.
Atualmente existem mais de 2 mil tipos diagnosticadas, algumas delas conhecidas, como a aracnofobia (medo de aranhas), ofidiofobia (de cobras) ou a acrofobia (de altura).
Abandono, rejeição, sentimento de perda ou medo do ridículo são a raiz das fobias mais bizarras.
“O mais importante a ser ressaltado é que apesar de os fóbicos saberem que seu medo pode ser irracional, elas são incapazes de controlar seus sentimentos”, diz John Weaver, psicólogo e e consultor empresarial com mais de 20 anos de experiência na área.
Segundo Weaver, “do ponto de vista evolucionário alguns medos são úteis e remontam as decisões de ‘matar ou morrer’ que os homens das cavernas tinham de tomar”.
Algumas são específicas do ambiente de trabalho, como a numerofobia (medo de números), a decidofobia (de tomar decisões), a bibliofobia (de livros) e a tecnofobia (computadores). De acordo com o psicólogo, essas têm origem desconhecida, soam irracionais e são difíceis de serem compreendidas. Aliás, um leigo as definiria como “corpo mole”.
“Elas não são claramente ameaçadoras. Certas pessoas têm uma má experiência com um livro ou com uma decisão e isso nunca se torna maior, mas outras ficam estarrecidas pelo resto da vida”, diz Weaver.
Uma das personagens citadas na reportagem da revista “Forbes” é Laura Walker, que “aos 20 e poucos anos” sofre de papirofobia e precisa trabalhar num ambiente sem papéis.
Apesar de aceitar o problema e admitir que seu medo afeta a busca por emprego, sempre que se vê diante de uma pilha de papéis sua garganta fecha e suas mãos ficam suadas. “Eu me sinto insegura. Olhar um papel sobre o outro e outro sobre o outro é como um filme de terror”, explica Laura.
Louco isso. Pensar que o simples fato de passarmos com uma pilha de papéis diante de alguém pode ser tão ameaçador quanto andar de mãos dadas com o Bin Laden.

Anúncios

4 Comentários »

  1. Não chega a ser fobia, tenho um certo medo de altura, mas encaro.Tenho uma diferença com “bolinhas”.Tudo que tem bolinhas me dá um pavor, arrepios mesmo. Só de falar nelas estou arrepiada. Não é esquisito???rsrsrsr

    Comentário por picida ribeiro — 2011/05/03 @ 09:28

  2. Sei não, mas acho que a morte de Bin Laden vai trazer um montão de problemas para o mundo. Vamos esperar.
    Obs.:1- se é que ele morreu, realmente. Essa estória de terem jogado o cadáver no mar está meio esquisita.
    2- atualmente a fobia que mais se vê é a por aranhas, se é que me entendem…

    Comentário por Angela — 2011/05/03 @ 10:10

  3. Será que ele morreu, será que jogaram o cadáver no mar, porque tudo que não presta ele devolve.

    Acho que os 19 milhões tem que dar um tempo até o seu substituto de sinal de vida.

    Comentário por Juventino — 2011/05/03 @ 13:02

  4. Iemanjá não vai querer Binbin no fundo do mar, não… Explosivo demais o moçoilo. A conferir.

    Quanto à fobia de Laura, será que se estende a papel-moeda?

    Beijocas.

    Comentário por Selma Barcellos — 2011/05/03 @ 16:08


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: