O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/04/05

CÔMICO NÃO FOSSE TRÁGICO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 08:55

Nem só de inteligência bélica e matemática de alto nível viviam os nazistas. Eles tinham receitas muito mais caseiras do que nossa avó poderia imaginar.
Segundo um arquivo com 180 documentos secretos recém-divulgado pelo MI5 – o Serviço de Inteligência Britânico – os planos nazistas para a resistência incluíam uma conspiração para envenenar salsichas, chocolate em pó e Nescafé.
A “Werewolf” – a rede de sabotadores que agiria para criar o Quarto Reich se caso o império de Hitler desmoronasse – tinha planos de deixar café em pó instantâneo e outros alimentos “batizados” em locais que pudessem ser encontrados por soldados americanos e ingleses. Outras armas secretas seriam falsas aspirinas, isqueiros que liberariam fumaças tóxicas quando acionados e até um cinto que disfarçava uma arma na fivela.
As agentes femininas eram abastecidas com armas biológicas que carregavam na bolsa e que poderiam ser utilizadas para contaminar com bactérias os aliados do território ocupado.
Em 1945 as tropas inglesas foram proibidas de comer alimentos alemães, bem como de fumar cigarros provenientes daquele país. O não-cumprimento das determinações resultaria em punições severas.
Os arquivos do MI5 revelam que o saquinho de maldades foi aberto por quatro agentes alemães presos na França em março de 1945. Outros planos eram:

1) Cigarros especiais causariam fortes dores de cabeça no soldado aliado. No momento em que ele pedisse uma aspirina, o espião ofereceria uma aspirina envenenada que o mataria em dez minutos.
2) Pastilhas explosivas seriam deixadas sobre as mesas e se detonariam ao primeiro contato com um copo d’água – atingindo com os estilhaços todos os que estivessem por perto.
3) Pós com substâncias tóxicas espalhados por maçanetas, livros e mesas.
4) Outro tipo de pó que poderia ser salpicado na comida. Ele levaria à morte se fosse engolido, mas não inalado.
5) Uma pequena bala de chumbo colocada nos cinzeiros liberaria um vapor tóxico quando em contato com as cinzas do cigarro.

Não parece coisa do Coyote para pegar o Papa-Léguas?
Os Coyotes de hoje não estão para brincadeiras.

Anúncios

4 Comentários »

  1. Meu Deus, até que ponto pode chegar a maldade do ser humano. Nós é que somos os animais e não os que chamamos assim.

    Comentário por Angela — 2011/04/05 @ 09:56

  2. Pois é, tudo isso foi e será usado até hoje nas míseras guerras. Na 2° guerra cachorros viraram alvo de experiências e até mesmo o ser humano. Muitos sofrem até hoje por essas crueldades. Poucos anos antes da invasão do Iraque pelos Eua, Sadan praticou a mesma fórmula com veneno na água e gases. O mesmo que os Eua procuram até hj e Sadan sumiu com elas. No Vietnã animais e insetos eram usados contra soldados americanos que não tinham nenhuma prática de sobrevivência na selva (é por isso que há alguns anos Brasil e Eua trocam informações de guerrilha junto com nossa tropa do exército nas unidades de infantaria de selva e montanha, uma das únicas especializadas no mundo). Sem falar na atualidade, o mar de sangue correndo a céu aberto em países árabes, explosões de usinas, petróleo e até o bloqueio da água. Fazem parte do jogo de estratégia, ou melhor jogo sujo.

    Comentário por marcelo — 2011/04/05 @ 10:41

  3. Outro dia assisti a um documentário sobre coisas parecidas que a Cia e A KGB faziam durante o auge da guerra fria. Parece coisa mesmo de coyotes e papa-léguas de tão inverossímeis. Mas era verdade. O índice de maldade é assustador. abraços. paz e bem.

    Comentário por josé cláudio - Cacá — 2011/04/06 @ 10:17

  4. Os nossos coyotes de hoje são muito mais espertos, contaminam a população a décadas com pesticidas e agrotóxicos, com “fertilizantes” que destroem os nutrientes dos alimentos e hormônios que alteram a composição básica dos alimentos… leva anos para matar o ser humano, mas quando mata o faz de forma dolorosa e extremamente lucrativa para a agência de saúde…
    Ótimo post…

    Comentário por Marine — 2011/04/06 @ 11:14


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: