O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/03/24

VAREJÃO DA RISADA

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 10:37

Se há um consenso em todo o mundo é que rir é sempre um ótimo negócio. Mas entre os russos não é algo tão definitivo assim.
Segundo uma reportagem do jornal russo “Pravda”, o nível de cortesia na Rússia é extremamente baixo – a má recepção ao turista é uma das manifestações desta falha do país.
Os moscovitas são os que menos sorriem. Uma recente pesquisa mostrou que 88% deles são rudes e que a grosseria e a indiferença pessoal ferem moralmente os consumidores e causam prejuízo financeiro às empresas.
Há um único provérbio russo que provavelmente não existe nas outras línguas: “Rir sem motivo faz de você um idiota”. Muitos russos que visitam a Tailândia sentem-se desconfortáveis – segundo a reportagem, a Tailândia é o país do “um milhão de sorrisos”.
Por muito tempo os russos acreditaram que o sorriso dos americanos era falso. Esses, por sua vez, sempre acharam os russos tristes e bravos, afinal, diz o artigo, em praticamente todo o mundo um sorriso é sinal de educação e cortesia.
Os chineses dizem: “Pessoas que não sabem sorrir não podem abrir uma loja” (bom, esses com certeza não estão em São Paulo). No Japão há meninas contratadas apenas para sorrirem e curvarem-se em respeito aos frequentadores de shoppings.
O professor Joseph Sternin, da Universidade Técnica Estadual de Voronezh, conduziu uma pesquisa para entender por que os russos riem tão pouco e concluiu que se trata de um paradoxo. Apesar de sorrirem menos, os russos são mais abertos às pessoas. Para eles, a seriedade é um hábito, não uma maneira de esconder sentimentos e emoções.
Quando eles sorriem, sorriem de verdade. Já os americanos nem sempre querem demonstrar algo.
Ainda segundo o artigo, Mikhail Gorbachev se tornou sucesso no Ocidente porque foi o primeiro líder soviético a sorrir em público.
Até que o raciocínio do professor russo faz sentido. De acordo com a editoria de notícias bizarras do “Aol News”, os americanos estão pagando mais caro para darem risada.
Reportagem publicada nesta quarta-feira mostra que o “Índice de Custo da Gargalhada 2011” – compilado pelo humorista Malcolm Kushner – subiu 3% em relação ao ano passado.
O levantamento, feito desde 1987, leva em conta o número de tíquetes de espetáculos e até de frangos de plástico e óculos de Groucho Marx vendidos no país.
Rir é prata. Calar é ouro?

Anúncios

3 Comentários »

  1. Que blog gostoso de ler!! Obrigada.

    Comentário por Heloisa — 2011/03/24 @ 15:07

  2. Não há motivo para rir num lugar onde a situação sempre está russa. :-)

    Comentário por Ricardo Rezende — 2011/03/24 @ 22:39

  3. Acho que a falta de sorriso só incomoda quando vem acompanhada da falta de bons modos com o outro. Se for apenas uma habito de seriedade, tudo bem,. Para mim, o inaceitável é a indelicadeza. Abraços. Paz e bem.

    Comentário por josé cláudio - Cacá — 2011/03/25 @ 10:03


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: