O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/03/19

LEITURA-BOMBA

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 10:47

No passado, a “Capricho” – até hoje a revista preferida das adolescentes – tinha um slogan simples e inocente: “A Revista da Gatinha”. De quebra, incluía um “Miau”.
As garotas cresceram e se tornaram leitoras da “Marie Claire” – porque “Chique é ser inteligente”.
É quase certo que as jovens islâmicas nunca tiveram a chance de pendurar um pôster dos “Colírios” da “Capricho” no armário, mas algo de novo surge para as mulheres de “Al Qaeda”: a revista “Al-Shamikha” (algo como “A Mulher Majestosa”).
Na capa, no alto do canto esquerdo, uma mulher vestindo o niqab (vestimenta parecida com a burca). No canto inferior direito, o cano de uma submetralhadora.
Apesar da apresentação um tanto quanto hostil, as reportagens seguem a linha de “Elle” e “Nova”. Incluem conselhos sobre como encontrar o homem perfeito (“casando com um mujahedin”, o guerreiro de Alá), sobre como ter uma pele linda (“faça máscaras à base de mel, não esfregue a toalha com muita força no rosto e use o niqab para se proteger do Sol”) e também dicas de Etiqueta e Primeiros Socorros.
O lado “sério” reúne entrevistas com viúvas de mártires bastante elogiosas àqueles que deram a vida em nome do Islã – segundo a interpretação dos editores: “A partir do martírio, o fiel ganhará em troca segurança e felicidade”.
Os editores da publicação explicaram seus princípios no prefácio da edição de lançamento: “Como as mulheres constituem metade da população, os inimigos do Islã têm a tendência de prevenirem as mulheres muçulmanas de conhecerem a verdade sobre sua religião e seu papel nela. Eles sabem muito bem o que pode acontecer se elas entrarem no campo da ‘jihad’ (guerra santa)… A nação islâmica precisa das mulheres que sabem a verdade sobre as dimensões da batalha e sobre o que é esperado delas”.
Analistas ouvidos pelo jornal inglês “The Independent” dizem que a ideia é fazer o marketing global da “jihad” da mesma forma que revistas como “Nova” ou “Marie Claire” empurram às leitoras a cultura da jovem ocidental.
O Departamento de Segurança dos Estados Unidos declarou estar preocupado com as ambições da revista, que são, segundo eles, recrutar seguidoras.
O lançamento da “Al-Shamikha” acontece nove meses depois da chegada ao mercado da “Inspire”, em julho do ano passado. Trata-se de uma revista online em inglês produzida pela Al Qaeda da peninsula árabe. Direcionada às jovens leitoras inglesas e americanas, na edição de lançamento trouxe instruções do tipo “Faça uma bomba na cozinha da sua mãe”.
Sei lá, mas acho que entrar no mundo de “Caras” ainda é mais divertido.

Confiram o site da “Al-Shamikha” AQUI

Anúncios

3 Comentários »

  1. Oe!
    De qq forma, é um contraponto ao marido ideal chinês… Mas, os EUA preocupados??? Faz tempo que as mulheres pegam em armas no mundo todo, e fazem valer seus direitos nem que seja à bala! E já não era sem tempo!
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2011/03/19 @ 11:35

  2. “Faça uma bomba na cozinha de sua mãe.”
    Vc não entendeu! Deve ser uma bomba de creme ou de chocolate. Um doce. Receitas da Palmirinha.

    Comentário por Angela — 2011/03/19 @ 14:40

  3. Olha, pelas vezes que tive a oportunidade de dar uma olhada na Nova, acho que as reportagens da Al-Shamikha até que pegam leve… Pelo menos não tentam transformar ninguém em “sex bombs”! :-)

    Comentário por Ricardo Rezende — 2011/03/19 @ 22:30


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: