O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/03/03

FASHION VICTIM

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 10:11

John Galliano, diretor de criação da Dior, entrou pelo cano.
Após destilar seu veneno dando declarações tão infelizes e extravagantes quanto seu visual, o estilista agora desfila na rua da amargura. Além de demitido da Dior, segundo o “The New York Times”, ele já está num “rehab”.
Mas o que mais esperar do filho de um encanador e de uma Sandra Rosa Madalena? (a mãe de Galliano é espanhola).
Na semana passada, o estilista foi acusado de agressão antissemita num bar parisiense. Alguns dias depois, o tablóide britânico “The Sun” publicou um vídeo gravado em dezembro do ano passado que mostra Galliano no mesmo “La Perle Bar”. Nas imagens, ele aparece bêbado proferindo insultos antissemitas a um grupo de italianas: “Eu amo Hitler… Pessoas como vocês deveriam ser mortas. Suas mães, seus antepassados… Todos deveriam ir para a câmara de gás”.
O vídeo já foi retirado do You Tube, mas está disponível no site do “The Sun”.
Apesar de condenado pela nova queridinha da América, Natalie Portman, Galliano foi defendido por Patrícia Field, figurinista de “Sex and the City”: “O que as pessoas fazem é assistir ao teatro de John Galliano todas as temporadas. É isso o que ele dá a elas. Para mim, aconteceu o mesmo, com a diferença que não foi em um teatro ou cinema. John vive em um teatro. É teatro. Uma farsa”.
Farsa? Filmes como “A Lista de Schindler” e “A Vida É Bela” estão aí para rebater a afirmação de Patrícia.
Galliano sabe que pisou na bola e chegou a pedir desculpas, mas agora Inês é morta. Talvez fosse mais fácil ter sido pego num motel com três travestis.
Conhecido por suas polêmicas coleções nas semanas de moda e por sua beleza andrógina que mais lembra o anarquista “V”, de “V de Vingança”, o que Galliano conseguiu foi uma bela propaganda às avessas para a grife – aliás, marketing tão equivocado quanto a associação de Sandy e “Devassa”.
No fundo, Galliano é mais uma “fashion victim”. Tanto quanto Kate Moss, Naomi Campbell, Cindy Crawford, Theodora Richards – filha de Keith Richards – e Marc Jacobs.
Se o mundo da Moda pretende continuar louvando as criações de Galliano, é bom agir rápido. Do contrário, ele pode ter o mesmo fim que seu colega Alexander McQueen.

Assistam ao vídeo AQUI

Anúncios

3 Comentários »

  1. “Mas o que mais esperar do filho de um encanador e de uma Sandra Rosa Madalena? (a mãe de Galliano é espanhola)”
    Achei essa frase meio infeliz. Em primeiro lugar Sandra Rosa Madalena, a da música de Sidnei Magal, é cigana, e em segundo, muitos filhos de pessoas humildes prosperam na vida. Conheço uma família em que o pai é jardineiro, a mãe faz quentinha e a filha é advogada. Não tem nada a ver…

    Comentário por Angela — 2011/03/03 @ 10:41

  2. Oi, Angela,
    na verdade, não quis que a frase soasse pejorativa. O objetivo era apenas não perder a piada do “entrar pelo cano” sendo ele filho de encanador. Só isso. Não tenho nenhum tipo de preconceito em relação a profissão, raça, orientação sexual ou origem. Acho que me expressei mal…
    Aquele abraço!

    Comentário por trezende — 2011/03/04 @ 09:22

  3. Pois eu entendi perfeitamente a piada…

    Comentário por Alexandre Fadul — 2011/03/04 @ 09:31


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: