O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/03/01

UM HOMEM E MEIO

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 10:02

Sabem o que acontece quando Deus dá asa à cobra? Ela faz um voo-camicase. E, se sobrevive à queda, se mata com seu próprio veneno.
Essa é a atual situação de Charlie Sheen. Talentoso, bom ator, bonitão e protagonista de filmes como “Platoon” e “Wall Street”, o ator tinha a faca e o queijo, mas tem preferido levar uma vida de rato.
Hollywood adora uma história de superação – inclusive fora das telas. Robert Downey Jr. e Hugh Grant – o inesquecível Mr. Divine Brown – são dois exemplos. No caso de Sheen, a mistura é perfeita: sucesso, sexo, drogas e escândalo. A superação é um ingrediente que não aparece nem num horizonte distante.
Sheen é o astro principal da sitcom de maior audiência da TV americana, “Two And a Half Men”. Ou melhor: era. Na semana passada, a Warner Bros. e a CBS anunciaram o cancelamento da temporada por causa das loucuras pessoais do ator e porque ele falou mal de um dos criadores da série.
O comportamento de Sheen rendeu até piada no Oscar deste ano. Fantasiado de mulher, com um vestido pink e uma peruca loira, James Franco disse que havia acabado de receber uma mensagem de texto de Charlie Sheen.
O veneninho é uma menção a um episódio que aconteceu há cerca de duas semanas. Após participar de uma festinha na mansão do ator, uma atriz pornô enviou um torpedo a ele comunicando que estava grávida.
Hospitalizado três vezes em três meses, Sheen diz estar cansado da cocaína, mas ao mesmo tempo se orgulha de sua experiência com drogas porque suas festas são “épicas”.
Numa entrevista recente a um dos programas da “ABC News”, Sheen revelou estar “limpo” – apesar de o comportamento agitado e os olhos ligadões pintarem outro quadro. Ele contou que da última vez que teve contato com drogas tomou mais do que alguém poderia aguentar para sobreviver.
Quando questionado se os fornecedores não faziam mais parte de sua vida, se negou a responder. Limitou-se a declarar que está sob a influência de uma droga chamada Charlie Sheen. “Ela não está disponível porque se você a experimentar uma vez, morrerá. Seu rosto vai derreter e seus filhos chorarão sobre seu corpo explodido”.
Tudo é chocante e triste, mas também impressionante. Mesmo mergulhado em bebedeiras, fungadas, tragadas ou injetadas, Sheen continuava trabalhando e recebendo mais de um milhão de dólares por episódio gravado. Inegável sua força interior.
Charlie Sheen é um cobra. Pena que tenha recebido asas e que sua vida esteja se encaminhando para os últimos capítulos.

Anúncios

1 Comentário »

  1. O seriado é baseado na história de vida dele: mulheres, prostitutas e bebida. Ele está sempre com um copo ou uma garrafa na mão. E todos gostam, inclusive eu, que vejo diariamente as repetições que se sucedem. Quando começa o filmezinho eu vejo que já assisti , mas vejo de novo. Gosto da burrice do Jake, das bobeiras do Alan, da Evelyn (que lembra muito minha mãe) e da Berta, muito engraçada.
    Tenho muita pena de uma pessoa que chega ao ponto que Charlie Sheen chegou. Ele fica internado um mes e sai, dizendo que já está bom. Logo, logo morrerá de overdose .

    Comentário por Angela — 2011/03/01 @ 10:26


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: