O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/02/20

CAMICASES DA NOTÍCIA

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 12:00

Vida de jornalista não é fácil. Tida como glamurosa, a rotina da profissão é constantemente confundida com a das estrelas, mas a realidade é bem menos cor-de-rosa.
Só no recente capítulo das manifestações no Egito tivemos dois casos que não apareceram na “Caras”: os jornalistas brasileiros presos pela polícia local e a jornalista da CBS que foi espancada e violentada.
Trata-se de uma função que combina diversas outras: a de médico, bombeiro, ator, palhaço, e, por fim, contador de causos.
Para alguns felizardos ela tem uma dose menor de sofrimento – e nem por isso deixa de ser Jornalismo. Que o diga Gersh Kuntzman, editor do jornal “The Brooklyn Paper”, de Nova York, que narrou a experiência de provar comida para cachorro.
A aventura de Gersh foi motivada pelas empresárias Hannah Mandelbaum e Alison Wiener, da “Evermore”, uma empresa que fabrica rações para animais de estimação.
Segundo Gersh, elas lançaram o desafio de que comeriam seu próprio produto – uma das gororobas caninas sabor carne ou frango – uma vez ao dia durante todo o mês de março. Gersh também quis participar e recebeu uma mistura de carne e miúdos de frango, inhame, cenoura, couve, cevada, vitaminas, minerais e sementes de abóbora.
“E sabem de uma coisa? É substancioso e um pouco granulado sim, mas o único aroma desagradável veio da couve. Lembra um pouco patê, mas mais insosso. O tipo do patê que um poodle francês cheiraria e sairia fora”.
Com muito bom humor, ele continua: “Eu poderia ter parado na primeira garfada – afinal já havia servido ao Jornalismo (alô comitê do Prêmio Pulitzer!) – mas algo me fez comer mais. É bom. E quando eu coloquei um pouco de molho picante – molho humano, claro, eu não como molho para cães – ficou realmente delicioso”.
O jornalista Ben Muessig, ex-funcionário de Gersh em alguma redação, escreveu um artigo sobre a empreitada para o site “Aol News” intitulado “Eating Dog Food: The Future of Journalism?” (“Comer Comida Para Cachorro: O Futuro do Jornalismo?”).
No texto ele conta que “Gersh tem construído a reputação de nunca ter se esquivado de servir de dublê para tarefas extravagantes. Ele já foi modelo nu numa aula de Desenho Artístico, já defecou em frente às câmeras para testar a integridade de um toalete ‘amigavelmente ecológico’ e já experimentou um supositório de cafeína. Tudo em nome da notícia”.
Num email ao ex-patrão, Ben perguntou por que o editor de um jornal precisa experimentar comida para cachorro. A resposta: “Isso é diferente de, sei lá, revelar o escândalo do Watergate ou publicar documentos do Pentágono? Sim, claro, mas há também uma grande similaridade: estamos todos batalhando incansavelmente para fornecer à sociedade informações essenciais sobre o que acontece na comunidade. No caso do meu consumo gratuito de comida para cachorro, meus leitores agora sabem que se eles estiverem presos em casa por causa de uma nevasca e as únicas coisas que tiverem forem uma latinha de ração e um pacote de ‘Saltines’ o jantar está garantido”.
Se ele comeria comida para cachorro todos os dias? “Claro, mas por $ 14 (R$ 26) o litro eu terei de achar uma perua rica para me manter”.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Tive a indicação de seu blog e fiquei vários minutos lendo todos os artigos. Parabéns! Você escreve muito bem. Escolhe assuntos variados, é clara na escrita e usa o humor. Gostei.

    Comentário por Angela — 2011/02/20 @ 18:01

  2. Au, Tati!
    REalmente, só com muito bom humor p/ encarar a gororoba canina. Mas pelo preço citado, não troco um PF de qualquer buteco fuleiro por comida de bicho, não mesmo…
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2011/02/22 @ 12:41


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: