O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/12/02

CORAZÓN PARTIO

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 09:27

Enquanto as revistas femininas insistem nas “20 dicas para apimentar seu relacionamento” ou em “50 maneiras de enlouquecer seu homem na cama”, o site “The Huffington Post” vem fazendo sucesso com uma seção mais próxima do que é a realidade: “We´re here! We´re queer! And now we´re divorcing”. (“Estamos aqui! Estamos estranhos! E agora estamos nos divorciando”). Isso mesmo. Uma editoria inteiramente dedicada a temas sobre o fim dos relacionamentos.
O subtítulo do “HuffPost Divorce” diz: “Casamentos vão e vêm, mas o divórcio é para sempre”. A frase é da roteirista e diretora de comédias românticas Nora Ephron, amiga da fundadora do “The Huffington Post”, Arianna Huffington.
Uma semana após sua estreia – em 8 de novembro – a seção era a oitava mais popular no site. Foram cerca de 500 mil visitas em sete dias.
Arianna Huffington disse ao “The New York Times” que a ideia era que “essa seção reconhecesse os aspectos sérios e alegres do que se tornou para muitas pessoas um rito de passagem”.
Não é difícil entender os bons índices que a página tem alcançado. Ela une informações sérias e análises de psicólogos e psicanalistas a fofocas sobre separações no mundo das celebridades. Ou como define o “The New York Times”: “uma mistura estranha de alta cultura/baixa cultura”.
Uma olhada nos títulos das reportagens é o suficiente para causar curiosidade: “5 dicas para negociar o seu divórcio”, “Morte de um animal de estimação: mais duro do que o divórcio?”, “10 dicas para divorciados após os 40”, “Divórcio ou Separação? Especialistas analisam”. E até receitas: “As melhores escolhas de garotas divorciadas”.
Há também uma seção intitulada “Loucas Novidades do Divórcio”, com fotos de objetos como um caixãozinho para guardar a aliança, um rolo de papel higiênico com a cara do ex ou uma calcinha com os dizeres “Recém-divorciada. Me pague uma bebida”.
Os que quiserem dividir suas experiências ou dores-de-cotovelo podem fazê-lo pelo Twitter através de tópicos de discussão como “O momento em que eu soube” ou “O que você fez com a sua aliança?”.
No fundo, a seção é uma grande celebração da desgraça. Como diria Netinho, “brindemos juntos o fracasso desse amor!”.

Visitem a seção AQUI

Anúncios

5 Comentários »

  1. Rolo de papel higiênico com cara do ex é maldade 10, nota 10! Já ri muito…

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2010/12/02 @ 15:03

  2. Lembrei de um trecho no livro da atriz Liv Ullmann, em que ela diz de um casal em separação “Ele é magro e suas mãos tremem. Outrora, foi um belo homem, que muitas mulheres tentaram pegar. E, finalmente casou-se com a mais jovem de todas. Houve as crianças – uma por ano -, e ambos esperavam que viesse a felicidade. Alguma coisa para descansar, que desse segurança. Agora, os dois vão encontrar-se na justiça. E tudo o que não sabiam um a respeito do outro revelarão a advogados indiferentes e cansados.”

    Comentário por Ronisson — 2010/12/02 @ 18:44

  3. Voltei para dizer que aaaaaamo essa música do Sanz (a do título).
    E também para comunicar à minha Tati preferida que está nevando em sua página… Pensei que havia abusado do “isopor”, que estava com problema de visão, com saudade do filho na Europa… Percebo agora que é charme do blog. Ou não?

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2010/12/02 @ 19:15

  4. Sim, Selma,
    estou meio Paulo Coelho. Estou fazendo nevar!
    Ho! Ho! Ho!

    Comentário por trezende — 2010/12/03 @ 09:32

  5. Oi Tati.
    Sabe o que eu acho uma pena? Pouco se fala ou se faz a respeito de como se manter um casamento (desde que haja motivos pra isso, é claro), locais onde se possa ler ou ver histórias de sucesso, ou felizes… Já se convencionou que o casamento é uma merda, a maioria das pessoas já se casa, hoje em dia, pensando em quanto ele vai durar ou quando que vai acabar… Me diga: quantas vezes você recebeu algum e-mail falando bem, ou “bonitinho” sobre casamento? E quantos zoando?
    Taí um nicho a ser explorado… Casais felizes, me ajudem! (Todos os três, p/ fv… ;-) -> Não podia perder a piada, podia?)
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2010/12/04 @ 12:31


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: