O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/12/02

CORAZÓN PARTIO

Filed under: Mentes brilhantes — trezende2013 @ 09:27

Enquanto as revistas femininas insistem nas “20 dicas para apimentar seu relacionamento” ou em “50 maneiras de enlouquecer seu homem na cama”, o site “The Huffington Post” vem fazendo sucesso com uma seção mais próxima do que é a realidade: “We´re here! We´re queer! And now we´re divorcing”. (“Estamos aqui! Estamos estranhos! E agora estamos nos divorciando”). Isso mesmo. Uma editoria inteiramente dedicada a temas sobre o fim dos relacionamentos.
O subtítulo do “HuffPost Divorce” diz: “Casamentos vão e vêm, mas o divórcio é para sempre”. A frase é da roteirista e diretora de comédias românticas Nora Ephron, amiga da fundadora do “The Huffington Post”, Arianna Huffington.
Uma semana após sua estreia – em 8 de novembro – a seção era a oitava mais popular no site. Foram cerca de 500 mil visitas em sete dias.
Arianna Huffington disse ao “The New York Times” que a ideia era que “essa seção reconhecesse os aspectos sérios e alegres do que se tornou para muitas pessoas um rito de passagem”.
Não é difícil entender os bons índices que a página tem alcançado. Ela une informações sérias e análises de psicólogos e psicanalistas a fofocas sobre separações no mundo das celebridades. Ou como define o “The New York Times”: “uma mistura estranha de alta cultura/baixa cultura”.
Uma olhada nos títulos das reportagens é o suficiente para causar curiosidade: “5 dicas para negociar o seu divórcio”, “Morte de um animal de estimação: mais duro do que o divórcio?”, “10 dicas para divorciados após os 40”, “Divórcio ou Separação? Especialistas analisam”. E até receitas: “As melhores escolhas de garotas divorciadas”.
Há também uma seção intitulada “Loucas Novidades do Divórcio”, com fotos de objetos como um caixãozinho para guardar a aliança, um rolo de papel higiênico com a cara do ex ou uma calcinha com os dizeres “Recém-divorciada. Me pague uma bebida”.
Os que quiserem dividir suas experiências ou dores-de-cotovelo podem fazê-lo pelo Twitter através de tópicos de discussão como “O momento em que eu soube” ou “O que você fez com a sua aliança?”.
No fundo, a seção é uma grande celebração da desgraça. Como diria Netinho, “brindemos juntos o fracasso desse amor!”.

Visitem a seção AQUI

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.