O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/11/26

FORA DO ALVO

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 09:49

Eles eram os melhores agentes da CIA e hoje estão aposentados. Enquanto levam suas pacatas e solitárias vidinhas de ex-espiões, tornam-se alvo da própria agência numa operação de queima de arquivo.
Esse é “RED – Aposentados e Perigosos”, com Bruce Willis, John Malkovich, Morgan Freeman, Helen Mirren, Brian Cox e Richard Dreyfuss.
Baseado numa história em quadrinhos, é o exemplo acabado de que um elenco fenomenal não é capaz de sustentar um enredo ruim. Os talentos só não chegam a ser desperdiçados porque são eles que garantem alguns momentos de humor.
“RED” tem mais tiro do que qualquer filme de guerra já feito. Uma das informações que poderiam constar do site oficial é quantas toneladas de balas foram usadas durante as filmagens. São tantas, que enquanto a equipe rodava sequências em Toronto, a polícia recebeu diversas ligações de moradores desesperados.
O “RED” do título poderia tranquilamente ter alguma relação com sangue, mas é uma sigla para “Retired Extremely Dangerous” (“Aposentados Extremamente Perigosos”).
A pergunta que perpassa o filme é por quê? Por que a CIA quer a cabeça de seus brilhantes ex-agentes? Durante boa parte do tempo ficamos sem entender o motivo.
Quando ele é revelado, o ponto de interrogação permanece. Apesar de as personagens serem muito bem construídas, terem um passado e personalidades bem definidas, a história é uma confusão só. Há fatos envolvendo a Guatemala, um fictício vice-presidente dos Estados Unidos e um vilão (Richard Dreyfuss) cuja origem, função e objetivo não são claros.
Outro incômodo são as inúmeras pontas soltas. Depois que uma casa é metralhada até desmoronar ou que acontece uma perseguição de carros em Nova Orleans, ninguém aparece, ninguém é preso, ninguém sabe, ninguém viu. A sensação é a de que estamos diante de um desenho da Turma do Pica-Pau. Personagens levam tiros mortais e ainda assim sobrevivem.
O próprio Dreyfuss parece reconhecer que “RED” não é a última Coca-Cola do deserto. Numa entrevista afirmou que topou a participação pelo dinheiro e pela oportunidade de trabalhar com o elenco de estrelas.
Helen Mirren finalmente consegue se despir do figurino de rainha e Morgan Freeman continua ótimo mesmo mudo, mas quem se encarrega das nossas risadas é John Malkovich, num papel privilegiado. Ele interpreta Marvin Bogg, um agente com mania de perseguição, lesado – porque passou anos servindo de cobaia para experiências com LSD – e que carrega suas armas numa mochila em formato de porco de pelúcia rosa.
Mesmo com a presença de Malkovich, “RED” é absolutamente dispensável.

Querem descarregar a raiva e inserir tiros no site à sua escolha? Visitem a página de treinamento de Marvin AQUI

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: