O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/10/30

TAMBÉM VAI PEGAR VOCÊ

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 10:09

É muito difícil escrever sobre “Tropa de Elite 2”.
O filme de José Padilha já foi alvo de todas as análises e elogios por parte de críticos, especialistas e leigos além de ter recebido amplo destaque da mídia – principalmente no quesito pirataria.
Quando quase tudo já foi dito, as estatísticas são um bom começo de conversa. Desde a estreia, é o filme mais visto desde a “retomada” do cinema nacional, com mais de seis milhões de espectadores. Um raro caso de unanimidade entre crítica e público – e essa é a melhor credencial.
A conclusão é que sim, a continuação da história do capitão Nascimento é essa Coca-Cola toda.
Na abertura, os créditos se mesclam a flashes do que se passou na vida do capitão Nascimento no capítulo anterior. E o aviso: “Apesar de possíveis coincidências com a realidade, este filme é uma obra de ficção”.
Agora capitão Nascimento é coronel Nascimento. Afastado do Bope por razões que se apresentam logo no início, ele trabalha na área de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Rio. Enquanto investiga o funcionamento de milícias formadas por policiais corruptos, traficantes e políticos, ele vai se enfezando até virar o Rambo. A camisa manchada com o sangue do filho de 16 anos é a deixa para que Nascimento amarre sua cordinha na testa e parta para a guerra.
São vários os motivos que tornam ‘Tropa 2’ ainda melhor do que o primeiro.
A narrativa em off do coronel Nascimento está mais precisa ainda. Com ironia, senso crítico e frases de efeito inteligentes – “se tem uma coisa que funciona no Brasil é o crime” – ele vai nos contando uma história de terror com calma e naturalidade impressionantes.
Se em ‘Tropa 1’ dois bordões caíram na boca do povo – como “Pede pra sair” e “Põe na conta do papa” – em ‘Tropa 2’ há um repertório maravilhoso de novas expressões. Entre elas, “tá de pombagirice comigo?” e “a pressão aumenta em casa, o pau come na rua”. Interessante também é a maneira debochada que Nascimento se refere a certas personagens. Quando o professor de esquerda e defensor dos Direitos Humanos entra em Bangu 1 para negociar com os presos, Nascimento diz: “O Che Guevara tá entrando sem colete”.
A edição dinâmica e o elenco são outros pontos altos. Wagner Moura, André Ramiro e Milhem Cortazes continuam positivos e operantes e desta vez contam com o reforço de Sandro Rocha.
O único porém é André Mattos, que dá vida a Fortunato – uma mistura de José Luiz Datena e Wagner Montes que apresenta o programa “Mira Geral”. A personagem é ótima e teria potencial para cair na boca do povo, mas falta carisma ao intérprete.
Mesmo com o aviso inicial, no fim da sessão a constatação de que não se trata de uma obra de ficção. “Tropa de Elite 2” é um documentário que mostra a nossa realidade.
Da melhor qualidade.

Anúncios

7 Comentários »

  1. Como sempre suas criticas sobre filmes impecáveis.
    Vou tentar linkar no meu facebook.

    Comentário por picida ribeiro — 2010/10/30 @ 13:39

  2. Querida:
    Você definiu muito o filme Tropa de Elite 2. Assisti e gostei. Sabe? Desde O Quatrilho que sinto orgulho do cinema nacional que não fica a dever nada aos enlatados.

    Comentário por Wilde Portella — 2010/10/30 @ 14:26

  3. Digo: definiu muito bem. Fez uma ótima análise. Me desculpa o erro acima.
    Wilde

    Comentário por Wilde Portella — 2010/10/30 @ 14:26

  4. Até terça eu assisto e volto aqui pra repercutir!

    Comentário por José Rezende — 2010/10/31 @ 09:53

  5. Tati, de fato, Tropa 2 é um filmaço!!! Não tem como não gostar e, de certa forma, se comover com a história. Beijão.

    Comentário por Vaninha — 2010/11/02 @ 09:12

  6. como diria Renato – “Que País é esse”
    como diria Cazuza – “Brasil mostra sua cara”

    Comentário por Rodrigo Faria — 2010/11/03 @ 16:48

  7. Oi!
    RElutei muito até assistir o “Tropa de Elite”. Depois me arrependi… Da demora. Não sei se é o Wagner Moura, ou se a realidade mostrada ali, o fato é que assisti mais duas vezes para apreender os detalhes. Agora, não vejo a hora de assistir o “2”, ainda mais secundado pela sua coluna – uma espécie de aperitivo!
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2010/11/04 @ 16:30


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: