O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/10/19

O MELHOR REMÉDIO

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 08:55

A “Foreign Policy”, revista de política e economia americana, trouxe nesta segunda-feira uma lista com “os mais influentes programas de TV que satirizam a política em lugares perigosos, contando piadas que podem ser arriscadas para a saúde”.
Dentre as cinco personalidades destes “lugares perigosos” citadas pelo artigo “The World´s Jon Stewart” (“Os Jon Stewart Pelo Mundo”) está o representante brasileiro, Marcelo Tas.
Jon Stewart é um comediante americano que apresenta há quase dez anos um dos programas de humor de maior sucesso nos Estados Unidos, o “The Daily Show”.
Tas aparece ao lado de figuras pouco conhecidas, como Zarganar (da Birmânia), Walid Hassan (do Iraque), Eretz Nehederet (de Israel) e o menos anônimo deles, Beppe Grillo (da Itália).
O artigo conta que Tas é o “apresentador do ‘Custe O Que Custar’, programa semanal de notícias e humor conhecido por agarrar parlamentares no Congresso Nacional brasileiro e fazer perguntas simples como o que as leis que eles votaram realmente significam. O representante que não sabe responder é cruelmente ridicularizado em rede nacional”.
A revista diz ainda que Tas lançou um livro (“Nunca Antes na História Deste País”) em que reúne pérolas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como “Minha mãe era uma mulher que nasceu analfabeta”.
Ainda segundo o perfil traçado pelo artigo, “apesar de Tas ser mais conhecido pelo ‘Custe O Que Custar’, ele começou sua carreira como repórter, não como comediante. Seu nome verdadeiro é Marcelo Tristão Athayde de Souza, mas adotar o apelido Tas foi uma boa para a carreira: ele tem mais de 971 mil seguidores no Twitter”.
A revista só comete um deslize: fala que Tas não tem entrado em ação ultimamente. Como o Brasil está em época de campanha presidencial, ele está proibido de fazer graça com os candidatos nos três meses que antecedem a eleição “por causa de uma lei que data do período militar”.
Faltou dizer que graças aos protestos de comediantes e jornalistas, o ministro Carlos Ayres Britto liberou a regra e agora podemos rir (e bastante) com as piadas involuntárias contadas por alguns candidatos.

Leiam a matéria completa AQUI

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.