O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/09/16

O ÚLTIMO DOS MOICANOS

Filed under: Matutando — trezende @ 11:02

Neymar é o Ronaldo Fenômeno desta geração. Depois dos assobios, as vaias.
De algumas semanas para cá, só dá Neymar. Ele se desentendeu com colegas, adversários, xingou o técnico, rebolou para provocar, fez firulas, chegou atrasado à concentração e por aí vai.
Milton Neves chegou a dizer que “estamos criando um monstro no futebol brasileiro”, mas infelizmente Neymar apenas segue o caminho natural de nossos ídolos – especialmente os do futebol.
Basta uma breve passeada pelo Twitter do jogador. A maioria das mensagens vão na seguinte linha: “Acabou o treino e já jantei estou muito cansado! Hoje dormir logo após o lanche”; “Tudo feito …descanso , almoço , lanche… jaja hora do jogo !!”; “Acabei de jantar … agora no quarto vendo novela e arrumando o itunes!”; “Acabei de tomar café, vou voltar a dormir beijo galera!”.
Só um adolescente centrado e com uma base familiar e cultural estruturadas não piraria com uma rotina dessas. No caso de um menino que saiu do nada para o tudo, é previsível que o resultado seja esse.
Num dia, a realidade da favela. No outro, carros de milhões de dólares. Parece óbvio.
Com a cabeça “boladona”, a espinha acaba saindo por algum lugar: um pega travesti, outro se envolve com traficantes, outro tem fantasias sexuais com anões, outro mata (ou é acusado de matar) a namorada. Com o “Menino da Vila” não seria diferente.
No entanto, Neymar conta com um diferencial – o pai presente. Dizem que ele teria procurado ajuda de um psicólogo – fato negado pelo próprio jogador – e que estaria tentando contratar um assessor para controlar o Twitter do filho. Pelo que vimos acima, esse profissional parece não ter entrado em ação.
Sem o pai, a espinha já teria estourado há muito tempo e, talvez, revelasse um quadro bem mais feio. Por ora, Neymar está se rebelando dentro de campo.
Enquanto aguardamos os próximos capítulos, uma coisa é certa: nos bastidores, nosso ator vai levar uma chamada do papai e tomar umas boas palmadas no bumbum.
Começo a achar que Neymar deveria ter ido jogar no exterior – sair de cena no auge o deixaria imaculado como sonham a torcida e a opinião pública.

Anúncios

7 Comentários »

  1. Se o pai do Neymar, tivesse dado uma educação de berço, não aconteceria isto. Mas os pais hoje preferem deixar que o colégio faça, o que eles não fazem: EDUCAR. E quando os professores tentam educar os pais vão ao Colégio para reclamar, dos professores e do estabelecimento de ensino.
    Nei

    Comentário por nei — 2010/09/16 @ 11:16

  2. Ao falar “estamos criando um monstro” ou invés de “um monstro está sendo criado”, o Milton Neves disse tudo: boa parte da culpa é da imprensa.
    Penso que não é tanto o dinheiro que tem causado esses efeitos colaterais no Neymar, mas principalmente toda a badalação que envolve seu nome. Se para adultos é complicado lidar com isso, imagine para um jovem recém saído da favela para o estrelato.

    Comentário por Ricardo Rezende — 2010/09/16 @ 11:24

  3. Eu vi e ouvi “nós estamos criando um monstro” não do apresentador Milton Neves, mas do técnico Renê Simões, na TV Globo. Quanto ao Neymar, é um garoto que deixou o sucesso lhe subir à cabeça. Acredito que o pai tenha orientado o jogador sim, mas nem tudo segue em suas devidas ordens.

    Comentário por Wilde Portella — 2010/09/16 @ 12:53

  4. Olá, Wilde,
    Milton Neves deu essa declaração hoje de manhã, na rádio BandNews FM. Provavelmente ele estava citando o Norival, mas como é de praxe num jornalista como ele, omitiu esta informação.

    Comentário por trezende — 2010/09/16 @ 13:41

  5. So estão faltando as Marias chuteiras encostarem no aborrescente.

    Comentário por Juventino — 2010/09/16 @ 23:35

  6. Oe…
    A necessidade de criar ídolos e fatos que mantenham a audiência faz com que os empresários e a imprensa mitifiquem esses garotos desde cedo incensando-os por nada. Depois, por causa de interesses comerciais, vão ficar em cima deles como acontece hj, por exemplo, com o Ronalredondão e outros, que não conseguem nem ir ao banheiro sem uma câmera vigiando!
    Abç,
    Adh
    Em tempo: providencial a presença da família, caso não seja ela mesma a empurrar a galinha dos ovos de ouro pra fogueira…

    Comentário por Adh2bs — 2010/09/18 @ 15:51

  7. Mais um texto valioso, com o auxilio de comentários tão pertinentes. è isso ai!

    Comentário por picida ribeiro — 2010/09/19 @ 16:46


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: