O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/08/11

MAKTUB

Filed under: A real do mundo real — trezende @ 09:14

A discussão sobre se o Homem é ou não produto do meio é tão antiga quanto infindável. Diante de grandes tragédias em que o ser humano é a mão que balança o berço – como no caso do goleiro Bruno – é comum ouvir afirmações como “ah, se ele não tivesse crescido na favela a vida dele seria outra” ou “se não fosse abandonado pelos pais não teria parado na cadeia”.
É impossível negar a influência da sociedade no caráter de um indivíduo, mas minha teoria é um pouco mais radical: a de que cada um de nós já vem ao mundo com uma personalidade de fábrica bem definida e que não haverá “recall”. Como argumento, costumo usar uma frase que serve de título a um documentário de Roberto Berliner: “a pessoa é para o que nasce”.
Há pouquíssimas variações ao longo da vida.
Agora, um estudo realizado pela Universidade da Califórnia reforça minha tese. “A personalidade que temos quando criança permanece conosco durante toda vida. Personalidade é parte da nossa biologia”, explica Christopher Nave, que conduziu a pesquisa.
Os cientistas compararam a avaliação feita por professores do colégio às entrevistas em vídeo gravadas 40 anos depois com os mesmos indivíduos.
Foram examinados quatro atributos: fluência verbal, adaptabilidade, impulsividade e a capacidade de cada um de não concentrar atenções em torno de si.
Os resultados mostraram que pouca coisa mudou. Os que tinham mais fluência verbal na infância desenvolveram interesse por assuntos intelectuais e exibiram alto grau de inteligência na fase adulta. As crianças menos fluentes se revelaram adultos que buscam conselhos e que desistem com mais facilidade diante dos obstáculos.
As impulsivas deram importância a uma grande quantidade de temas e viraram pessoas falantes. Já as menos sujeitas aos instintos se tornaram seres tímidos, medrosos ou inseguros.
Futuros estudos vão ainda nos ajudar a entender de que forma a personalidade está ligada ao comportamento, assim como até que ponto somos capazes de mudar nosso jeito de ser.
É um tema polêmico, sem dúvida. Provavelmente, os defensores da teoria de que o Homem é produto do meio têm seus milhões de argumentos e exemplos.
De qualquer forma, continuo achando que é muito difícil um bonsai virar uma sequoia.

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.