O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/06/26

PÂNICO NA TV

Arquivado em: A real do mundo real — trezende @ 10:37

Esta semana estava matutando sobre o pavor que me causava “ET, o Extraterrestre”. Mesmo sendo uma criatura “do bem”, ele perturbou meu sono e o de meu irmão por alguns anos.
O ET funcionava como uma ferramenta de tortura. Bastava gritar “o ET está aí em cima!” para que ele subisse desesperado e com os olhos esbugalhados – provocação devolvida em poucos dias.
Nada era capaz de me causar mais taquicardia – ao contrário de meu irmão, que morria de medo da zebra que anunciava os resultados da Loteria Esportiva no “Fantástico”.
Agora estou curada. Tenho medo de coisas e pessoas reais – com voz de boazinhas, principalmente.
Hoje, por acaso, encontro os estudos da professora Joanne Cantor, da Universidade de Wisconsin, que trata justamente do pavor que as crianças sentem e a relação delas com a mídia. A autora conclui que a TV pode sim ter efeitos prejudiciais consideráveis sobre o bem-estar emocional das crianças.
Joanne Cantor é especialista em psicologia na mídia e autora de diversos livros sobre o assunto, como “’Mommy, I’m Scared’: How TV and Movies Frighten Children and What We Can Do to Protect Them” (“Mamãe, Estou Com Medo: Como a TV Amedronta as Crianças e o Que Podemos Fazer Para Protegê-las”).
Ela também desenvolveu um estudo interessante em 2004: “I’ll Never Have a Clown in My House – Why Movie Horror Lives On” (“Nunca Terei Um Palhaço Em Casa – Por que o Terror Sobrevive”).
Durante três anos (1997–2000) Joanne analisou 530 dissertações de estudantes sobre o tema. Eles poderiam falar de suas próprias experiências ou de situações que presenciaram. Quase todos relataram seus próprios temores. Cerca de 91% descreveu reações causadas por obras de ficção ou de fantasia citando filmes como “Tubarão”, “Poltergeist”, “A Bruxa de Blair” “Psicose”, “It” (no Brasil traduzido como “Uma Obra-Prima do Medo”) e “A Hora do Pesadelo”.
Metade dos estudantes disseram que tiveram problemas na hora de dormir e 75% carregaram seus medos para a fase adulta.
Entre os que admitiram o pavor, vários falaram da dificuldade de nadar em lagos, piscinas e mares depois de terem assistido “Tubarão”; medo de árvores após “Poltergeist”; um certo distanciamento de campings e florestas depois de “A Bruxa de Blair”; ansiedade em ficar em casa sozinhos após “Pânico”; e desconforto com palhaços.
De acordo com a professora Joanne, crianças tendem a sentir medo em situações em que humanos se metamorfoseiam em lobos ou outros animais. Já os adultos se impressionam mais com aliens.
E vocês? Têm medo de quê?

About these ads

11 Comentários »

  1. Agora entendi a razão para meu medo de ET´s na infância!
    Nesta época minha mãe costumava dizer que eu já era um homenzinho, e segundo os estudos da professora Joanne, os adultos se impressionam mais com aliens. ;-)
    Superada esta fase, acho que hoje meus maiores medos são os seguintes:
    - Pessoas hipócritas (sim, aquelas com voz de boazinhas são as mais amedrontadoras – já fui vítima de um exemplar desta espécie);
    - Cobras e animais peçonhentos;
    - Assalto (como bom cidadão brasileiro).
    Ah! Quando era criança eu tinha um medo danado do implacável castigo divino, mas isto também já foi superado – graças a Deus…

    Comentário por Ricardo Rezende — 2010/06/26 @ 11:35

  2. Oi.
    Meu filho mais velho tinha medo de Papais Noéis, esses das lojas, quando era pequeno; eu tinha medo é do preço dos brinquedos, no Natal!
    O do meio tinha medo dos “bananas de pijamas”… Eu, dos anfitriões das festinhas infantis…
    O mais novo se assustava com os dinossauros dos parques temáticos, eu agora me assusto quando olho no espelho.
    Bjão,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2010/06/26 @ 13:50

  3. Ô, Ricardo, já lhe disse que nossa sintonia é fina… Meus instintos mais primitivos afloram com gente – mulher – de fala mansa. Chego a sentir o cheiro de enxofre quando se vão…
    Morcego, político, padre. Altitude… Andar a cavalo já é altitude.
    E por aí vai.

    Beijocas na Tati!

    Comentário por Selma Barcellos — 2010/06/26 @ 14:17

  4. Tinha muito medo de vampiros. Acreditava piamente na sua existencia, chegando a dormir com crucifixo embaixo do travesseiro.
    Pavor de verdade. Hoje tenho medo de contas a pagar rsrs

    Comentário por DECIO ARANHA — 2010/06/26 @ 19:59

  5. O comentario acima é meu, feito do compuatdor do marido rsrs

    Comentário por picida ribeiro — 2010/06/26 @ 20:01

  6. As vezes eu sonho com zumbis! O inicio do sonho e’ meio assustador, mas eu tenho raiva de zumbis, que sao uma carcaca ambulante so’ preocupados em comer cerebros! Ai, eu saio dando porrada em todos eles!

    Para maiores estudos, recomendo o livro “The Zombie Survival Guide”, de Max Brooks. (http://www.amazon.com/Zombie-Survival-Guide-Complete-Protection/dp/1400049628)

    Comentário por Renato — 2010/06/26 @ 23:43

  7. Tenho medo de barata cascuda, de gente invejosa e de fim do mês.
    Beijos.

    Comentário por lucy in the sky — 2010/06/27 @ 14:55

  8. Não devemos ter medo deles e sim conversarmos com eles.

    Comentário por Juventino — 2010/06/27 @ 18:13

  9. Em tempos de primeira comunhão o MALA MEN era o meu maior medo
    aquele….nos livrai do mal amem acha que era alguem que precisavamos nos livrar.

    Hoje blitz policiais
    Envelope da RECEITA FEDERAL nunca sei se é devolução ou não

    Comentário por Decio Aranha — 2010/06/27 @ 18:51

  10. Eu, sempre tive medos…mas como todos sabem eles mudam conforme a idade.

    Quando criança, tinha medo de apanhar, claro, e sempre apanhava, pois eu era terrível!!! Depois, que aprendi a morder as crianças de minha idade, eu tinha medo de levar uma surra deste grupo (que não era pequeno) que eu com certeza deixei com traumas…

    Bem, depois, com um tempo, comecei a ter medo de que meus descobrissem que roubei o carro, ou fiz aquela viagem escondida com as amigas, mas é claro q

    Comentário por Dani Vantini — 2010/06/30 @ 16:25

  11. ops…enviei sem querer…continuando: que sempre descobriam.

    Mas, sem dúvida nenhuma meu pior medo, podem acreditar é de ARANHAS, tenho simplesmente PAVOR!!!

    Das pessoas muito boazinhas também, e também já fui vítima destas espécies..rsrsrs a e para fechar: de ser atropelada!!!

    Comentário por Dani Vantini — 2010/06/30 @ 16:27


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: