O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2010/04/24

TINHA UM BURACO NO MEIO DO CAMINHO – PARTE 2

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 09:52

No início do ano conhecemos o trabalho genial de dois fotógrafos canadenses. Após terem quebrado o carro num buracão, decidiram criar e fotografar situações inusitadas dentro das crateras de asfalto de cidades como Montreal, Nova York e Los Angeles.
Hoje o interventor urbano chama-se Steve Wheen, tem 33 anos, mora em Londres, é mestrando em Design e ciclista.
Farto de cair em buracos, no começo deste mês passou a usá-los como vasos para flores como narcisos, primavera-dos-jardins e ciclames. Segundo ele, a ideia é chamar a atenção dos ciclistas para a ameaça.
Steve escolhe ruas pequenas e pouco movimentadas e faz seu trabalho no início da manhã ou no fim da tarde para não correr o risco de ser atropelado.
“Prefiro usar flores pequenas, claras e coloridas na esperança de que os motoristas as vejam”. Ele admite que o tempo de vida de sua “obra” é pequeno. “Minha primeira demorou menos de duas horas para ser destruída. A que durou mais tempo aguentou três semanas”.
Por causa das intervenções, Steve diz que criou quase uma compulsão por buracos – que têm estado muito piores por causa da neve que caiu sobre Londres no último inverno.
À uma revista de jardinagem inglesa, Steve contou que as intervenções são parte de seu projeto de mestrado na “Central St. Martins College of Art”.
Em seu blog – que teve mais de 25 mil acessos em menos de um mês –, ele diz que a inspiração veio dos gurus de um movimento chamado “Guerrila Gardening” e que está tentando transformar o bairro de East London num grande vaso.
Também no blog os visitantes podem deixar sugestões de buracos.
Continuo achando que em São Paulo temos matéria-prima suficiente para plantarmos não flores, mas árvores.

Visitem o site de Steve AQUI

Anúncios

3 Comentários »

  1. Tati, o André Trigueiro (maravilha de jornalista da Globo) teve a ideia de colocar um boneco enorme sentado (se não me engano) nos buracos da cidade: é o João Buracão. Só sai quando se tomam as devidas providências.Já é famoso. Maneiríssima a ideia para um desleixo tão antigo dos nossos “homens públicos”. Aliás, odeio essa expressão. É de um vazio…

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2010/04/24 @ 13:07

  2. Bem legal, útil e criativo.

    Comentário por Ricardo Rezende — 2010/04/24 @ 13:10

  3. Se a moda pegar por aqui (São Paulo), logo estaremos numa nova Amazônia…

    Comentário por Eduardo Magera — 2010/04/26 @ 21:55


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: