O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/10/22

SALVE-SE QUEM PUDER

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 08:17

salvegeral

claquete (2)O meio cinematográfico tem razões que a nossa mente de telespectadores desconhece. “Salve Geral”, de Sérgio Rezende, entrou na disputa para representar o Brasil no Oscar de filme estrangeiro, mas se aterrissar em Hollywood é possível que saia de lá com o “Framboesa de Ouro”.
O filme mescla ficção e fatos reais para narrar a história de uma mãe que se envolve com o crime para livrar o filho de uma encrenca. Às vésperas do Dia das Mães, revoltados com a transferência dos cabeças do PCC, os presos mandam um “salve” (“recado”) para a comunidade carcerária de despertar o terror entre os policiais paulistas.
De acordo com as sinopses e com o próprio diretor, os ataques articulados pela facção criminosa há três anos servem como pano de fundo para a história.
Mas digamos que esse pano de fundo não é tão do fundo assim. Ele toma o papel de protagonista, encobre a tela e asfixia a plateia – ganhamos a mesma aparência alienígena que os assaltantes exibem quando se preparam para uma ação e encapam o rosto com meia-calça.
O grande erro de “Salve Geral” é ficar em cima do muro. Trata-se de um documentário sobre o PCC ou um filme de ficção?
Se acaso se classificasse como documentário seríamos poupados da vergonha – e nem desperdiçaríamos o talento de duas grandes atrizes: Andrea Beltrão e Denise Weinberg.
Como ficção é, com muito boa vontade, apenas para consumo interno. Além de longo, o filme se prende a detalhes como quantos policiais civis e militares morreram, o número de delegacias incendiadas, quantas pessoas foram assassinadas, o número de presos transferidos, enfim, um dossiê sobre o “Primeiro Comando da Capital” (PCC).
Na época da indicação, muita gente se inquietou com a péssima imagem que “Salve Geral” poderia passar do Brasil. Mas a preocupação é muito mais com a qualidade do filme do que com a visão do país que, infelizmente, é essa mesmo.
O elenco parece saído do Grande Teatro Tupi, de tão caricato. “Salve Geral” consegue ainda a proeza de contar com figurantes que trabalham mal.
O “salve” é: fujam.

Anúncios

6 Comentários »

  1. E afinal, qual o critério para a escolha da indicação dos filmes brasileiros para concorrer ao Oscar??? Quase nunca acertam…
    Quer saber? depois de seu post, nem vou ver o filme…
    * Obrigada pelo comentário no meu blog sobre minha “casa nova”.
    Saiba que ajudou muito,obrigada mesmo. Simples e verdadeiro

    Comentário por picida ribeiro — 2009/10/22 @ 09:01

  2. Eu também nunca consegui entender o critério para as indicações de filmes brasileiros ao Oscar. Carandiru? Cidade de Deus? E agora mais esse?
    Depois reclamamos da imagem do Brasil no exterior. Para os gringos aqui só tem violência e mulher pelada.
    Bjs.

    Comentário por lucy in the sky — 2009/10/22 @ 09:35

  3. Minha critica amigaTati, já não basta a realidade nua e crua? Está faltando criatividade, imaginação e dinheiro ao cinema brasileiro, não vai decolar nunca.

    Forte abraço

    Caurosa

    Comentário por caurosa — 2009/10/22 @ 15:23

  4. Já estou de saco cheio de filmes brazucas que abordam a violência urbana, têm humor rasteiro ou são “cabeçóides”.
    Que saudades dos clássicos dos Trapalhões…

    Comentário por Ricardo Rezende — 2009/10/22 @ 18:02

  5. Confesso que sou preconceituoso em relação a filmes brasileiros. Se eu já tinha uma falta de vontade para ver esse longa, agora você acabou com qualquer possibilidade… Rs

    Comentário por Renan — 2009/10/22 @ 20:29

  6. É uma pena mas a realidade é nua e crua.Quando vamos falar bem de nosso filme brasileiro,creio que nunca,temos personagens,cenario,figurino,acho que tudo e tão somente não temos ” dinheiro “.Será que falta ajuda do narcotráfico?

    Comentário por Juventino — 2009/10/22 @ 22:18


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: