O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/09/27

A COBRA FUMA

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 11:10

lifeact

isqueiroApós três anos, Antônio Fagundes retorna aos palcos de São Paulo com o monólogo “Restos”.
E o ator voltou arranjando encrenca: antes mesmo da estreia avisou que peitaria a lei que proíbe fumar em ambientes fechados. Além disso, apesar de ter sido aprovado pelo Ministério da Cultura, não quis captar recursos pela lei Rouanet para montar o espetáculo – declarou que está “cansado de ser chamado de ladrão” e produziu tudo sozinho.
Os efeitos foram imediatos. O governo paulista reviu as regras e liberou o uso do cigarro no palco. Quanto à falta de patrocínio, quem paga o pato é o público: R$ 100 cada ingresso.
Se a decisão de Fagundes em torno do uso da lei de incentivo é questionável, o mesmo não se aplica ao assunto tabagismo. O ator estava correto em lutar por seus direitos porque o tabaco é, ao lado de Fagundes, personagem do espetáculo.
O texto é do dramaturgo norte-americano Neil LaBute e se passa no velório de Mary Jo, esposa de Edward Carr (Fagundes) morta por câncer. Carr acende um cigarro atrás do outro para aplacar o sofrimento da perda.
O monólogo é uma reflexão sobre o destino, escolhas, o sentido da vida, família, morte e, principalmente, sobre o amor. O final surpreendente, dizem os críticos, é uma das características da obra de LaBute. Segundo Fagundes, é o que eles chamam de “golpe de teatro”.
Nunca achei Fagundes um ator brilhante, mas é interessante assisti-lo despido dos trejeitos que ele costuma inventar para os fazendeiros que interpreta nas novelas, como a voz fina e uma quase irritante língua presa. Louvável também é a capacidade do ator em se emocionar diversas vezes durante o espetáculo e dizer um texto de 43 páginas sem tropeços. Com efeito, um grande ator.

P.S.: já enviou sua imagem para a promoção “O melhor uso não-intencional”? A melhor foto será premiada com uma camiseta do filme “Um Faz-de-Conta que Acontece”.
Mandem uma foto para tatianarezende@hotmail.com até 5 de outubro.

Anúncios

4 Comentários »

  1. Minha crítica Tati, o grande “calo” do Fagundes, são os novelistas e diretores da poderosa rede Gl$b$, esse povo só pensa em audiência.

    Forte abraço

    Caurosa

    Comentário por caurosa — 2009/09/27 @ 12:15

  2. Nesse caso, O COBRA FUMA, ele é excelente ator mesmo. Mas, por acaso, esse legislar em causa própria chega ao nariz da plateia? Se positivo, ele não vai captar meus 100zinhos não. Odeeeeeio cheiro de cigarro, grande Tati.

    Beijocas.

    Comentário por Selma Barcellos — 2009/09/27 @ 16:16

  3. Olha, eu estou na profisão, e posso dizer que o lance de se emocinar e de dizer todo o texto sem tropeço não tem tanto segredo assim. Para isso é necessário três coisas: Ensaiar, ensaiar e esnaiar denovo. E, acredite, ele não está se emocionando de verdade (desculpe quebrar o encanto), são, isso sim, reações que o corpo dele têm (que ele mesmo manipula) e que trazem a crença de que o cara se emociona. Do contrário, toda cena de morte, o próprio ator teria de morrer em cena, por exemplo. Além disso, existem algumas coisas que cabem na televisão (um dos motivos para os monstros sagrados do teatro odiarem-na) que são inaceitáveis no palco. Seria mesmo extremamente irritante ficar durante uma hora, ou mais, ouvindo a voz que Antônio Fagundes faz nas novelas. Portanto, se ele entende de teatro, o mínimo que ele pode fazer é ter uma voz audível, limpa e (por que não) agradável.
    Enfim, é melhor parar por aqui, senão não paro.

    Comentário por Diana — 2009/09/28 @ 08:32

  4. As atuações fracas do Fagundes em novelas, acho que se deve aos textos e contextos.
    Sabe os tais ossos do oficio???
    Acho que o cigarro, nessa peça, é quase um codjuvante, é perfeitamente aceitável.
    Acho que eu pagaria os tais 100,00 para ve-lo

    Comentário por picida ribeiro — 2009/09/29 @ 09:48


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: