O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/09/20

TRICK OR TREAT?

Arquivado em: Mentes brilhantes — trezende @ 13:20

foodbingo

estetoscopioQuando não nos é dada uma opção à tragédia cabe a nós transformá-la, se não em comédia, pelo menos em algo mais aceitável.
Partidário da mesma ideia, um jornalista inglês de 47 anos que está há mais de 20 semanas no hospital decidiu narrar suas (des) aventuras num blog, o “Notes from a Hospital Bed – The ramblings of a poor sod forced to spend months in traction in an NHS hospital” (“Notas de uma cama de hospital – Divagações de um cara forçado a passar meses imobilizdo num hospital público da Inglaterra”).
O paciente – que sofre de uma rara infecção nos ossos – não identifica em que hospital está internado e usa o pseudônimo de “Traction Man” (“Homem Imobilizado”) para evitar represálias.
No blog descreve sua rotina de contar os tijolos da parede, as tentativas de chamar os enfermeiros pelo sistema telefônico, os banhos-de-gato e, principalmente, os problemas com a comida.
Sobre este assunto já publicou a pesquisa de satisfação sobre o cardápio hospitalar e até criou um jogo, o “Hospital Food Bingo” (“Bingo da Comida de Hospital”), em que posta fotos dos pratos que lhe são servidos e pede aos leitores que tentem adivinhar do que se trata. Segundo ele, até a comida nas prisões deve ser melhor.
Apesar do senso de humor, o jornalista pega pesado: diz que os legumes são encharcados e que os pudins parecem ter sido rolados no chão da cozinha antes de chegarem ao prato. Num post recente, pergunta diante do que parece ser uma omelete: “devo comer ou consertar meus sapatos?”.
Procurado pelo jornal “Mail Online”, o Departamento de Saúde britânico declarou que “a maioria dos pacientes está satisfeita com a comida. Qualquer um que tenha reclamações deve fazê-las ao hospital”.
Para quê? Para morrer envenenado?

Visitem o blog AQUI

O tema Rubric. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.