O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/08/28

TIM-TIM, RESSACA

Filed under: Cri-crítica — trezende @ 08:53

hangover1

rolofilme2“Se Beber, Não Case” é o azarão entre as estreias cinematográficas recentes. Sucesso de público nos Estados Unidos, alcançou o topo das bilheterias no final de semana em que entrou em cartaz.
No Brasil tem repetido o sucesso. E pensar que foi feito com alguns milhões de dólares considerados ninharia perto do que é torrado com os blockbusters.
Com um elenco desconhecido, “Se Beber, Não Case” narra o day after de uma noite que deveria ser uma despedida de solteiro em Las Vegas.
Qualquer outra informação sobre a história caracterizaria este texto como “spoiler”.
Mesmo com uma alongadinha de cena aqui, outra ali, o saldo é positivo. Mais uma prova de que uma história bem escrita vale mais do que investir em atores com cachês milionários ou efeitos especiais igualmente megalomaníacos.
Até o mistério envolvendo um dente é solucionado de forma caseira. O ator Ed Helms o perdeu quando era criança e colocou um implante. Às vésperas do início das filmagens, ele já havia planejado trocá-lo. O resto vocês descobrem assistindo ao filme.
Dentre as espécies de machos existentes na fauna humana, quatro estão bem representadas: o certinho em vias de subir ao altar, o babaca dominado pela namorada, o galã, e o melhor deles: o maluco beleza interpretado por Zach Galifianakis. Há também uma participação de Mike Tyson.
“Se Beber, Não Case” é uma boa oportunidade para identificarmos um roteiro bem-feito. A sequência que envolve o bebê é humor negro da melhor qualidade, mas resvalaria para um “Três Solteirões e Um Bebê” se não contasse com roteiristas atentos (Jon Lucas e Scott Moore) e um diretor sensato (Todd Phillips).
Já o título em português, como sempre, enfeita mais do que o necessário. Em inglês, “A Ressaca”. Simples assim.
As pândegas causadas por bebidas ou drogas continuam garantindo boas risadas para quem observa, ótimas viagens aos usuários, lucros para os traficantes e, neste caso, casa cheia para o cinema.
Se “Se Beber, Não Case” é mais uma apologia aos ilícitos, isso é assunto para outra conversa.

Anúncios

5 Comentários »

  1. É isso mesmo, Tati. Gargalhada garantida, roteiro bem boladíssimo para um tema revisitado. O Galifianakis segura a maioria das cenas, naturalmente engraçado.
    “Apologia aos ilícitos” já está sendo rodado em Brasília…

    Beijocas.

    Comentário por Selma Barcellos — 2009/08/28 @ 09:58

  2. Fiquei curiosa e ansiosa! ESpero poder assistir loogo por essas bandas…

    Comentário por picida ribeiro — 2009/08/28 @ 10:19

  3. Pra mim, uma, se não a melhor comédia dos ultimos tempos!

    Comentário por Karina — 2009/08/28 @ 14:26

  4. Olha, pra ser sincera, eu não costumo aceitar comédia muito facilmente. Sempre olho com nariz torto pra elas. Não que eu não goste, mas eu aprecio mais um humor mais refinado, partindo pro non sense, estilo Monthy Phyton, ou Mel Brooks. E detesto piadinhas sobre comida (“oh, comi demais e vou vomitar”) e tb sobre sexo (“homo eretus? Tá mais pra homus brochus”). E como, normalmenmte, a maioria das comédias que se fabricam por aí é nesse naipe, muitas das vezes eu prefiro esperar sair em DVD, pq a locação é mais barata que o ingresso do cinema (salvo “Os Simpsons”, mas eu sou fã da série…). Mas, se juntar uma galera e adicionar uma pipoca, eu até encaro o desconhecido.

    Comentário por Diana — 2009/08/29 @ 09:42

  5. Já ia passar batida por esse filme, mas, diante da sua crítica, lá vou eu pro cinema.

    Comentário por Sandra — 2009/08/29 @ 22:28


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: