O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/04/23

MADE IN JAPAN

Arquivado em: Cultura inútil — trezende @ 08:53

livrojapa

boneLisa Katayama é autora do blog “TokyoMango” e trabalha como jornalista freelancer escrevendo sobre tecnologia, direitos humanos e cultura japonesa em revistas como “Wired”, “Make” e “PopSci”.
No ano passado Lisa publicou “Urawaza: Secret Everyday Tips and Tricks from Japan” (“Urawaza: Dicas e Truques para o Dia-a-Dia Diretamente do Japão”).
O livro – uma coleção de 108 “conselhos” que resolvem os problemas e divertem os envolvidos – foi inspirado num artigo que ela escreveu para a revista “Wired” em 2006 e que rapidamente chegou à TV.
Segundo Lisa, toda família tem uma receitinha caseira. Esses métodos – cientificamente comprovados ou não – são passados de geração em geração e até acrescentam à doença um senso de segurança e conforto.
Sua avó japonesa sempre tinha um remedinho para tudo. Lisa achava tão gostoso ficar doente na presença dela que algumas vezes realmente queria ter algo quando ia visitá-la.
Os capítulos tratam de temas como saúde, questões alimentares, de higiene, limpeza e traz dicas de como impressionar os amigos. Há cura para quase tudo: dar um jeito no nariz entupido, na dor de garganta, curar dor nas costas, prevenir pé-de-atleta, o mau cheiro corporal, fazer seu parceiro parar de roncar, eliminar soluços, tirar nota alta no karaokê, calar o choro de um bebê, tirar os arranhões de um CD arranhado, deixar as unhas brilhantes, consertar batom quebrado, tirar adesivos de um espelho, recolher cacos de vidro, livrar-se de baratas, remover mancha de café do carpete, prevenir que o espelho do banheiro fique embaçado, desfazer o nó de uma gargantilha, retirar mancha de chá da caneca ou cheiro de cigarro da roupa, remover chiclete do cabelo ou da roupa e até andar na chuva sem escorregar.
Algumas soluções: para o nariz entupido, basta enfiar uma cebolinha verde em cada narina. Para a dor de garganta, usar uma toalha embebida em “shochu” (uma bebida destilada japonesa) ao redor do pescoço. Dores no ombro? Grude um pedaço de durex das laterais dos olhos até as têmporas.
Se o bebê não para de chorar, o segredo está em produzir o mesmo som de quando se está provando vinho. O ruído é parecido ao do útero.
Para se precaver de maus odores, um bom desodorante natural é uma mistura de bicarbonato de sódio e suco de limão. Homens que fazem a barba após o banho e não querem o espelho embaçado podem cortar uma batata ao meio e esfregá-la no espelho. CD arranhado? Limpe-o com pasta de dente.
Para as dores nas costas algo que já descobrimos neste blog: mostarda.
Se as dicas funcionam ou não, só a prática irá nos dizer. Entretanto, várias delas têm efeitos colaterais. O marido se livra do espelho embaçado, mas não da reclamação da mulher por ter emporcalhado o móvel. Pagar o mico de ficar com durex grudado no rosto ou continuar com dor nas costas? A escolha é sua.

O tema Rubric Blog no WordPress.com.