O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2012/07/06

DA MESA À FAMA

Arquivado em: Mentes brilhantes — trezende @ 09:32

Em junho, uma edição especial sobre Gastronomia da revista “Smithsonian” trouxe uma matéria sobre como o frango se tornou “a comida onipresente de nossa era”, segundo palavras dos autores Jerry Adler e Andrew Lawler.
Para ilustrar uma longa história – que se estende por 10 mil anos e vários continentes – a revista optou por algo original e divertido: frangos crus vestidos como os mais famosos líderes da humanidade.
A ideia partiu de Molly Roberts, editora de fotografia, que pediu a ajuda do fotógrafo Timothy Archibald.
Oito frangos desfilam pelas páginas do artigo: o imperador romano Júlio Cesar, o general chinês Tso, Abe Lincoln, Einstein, Jackie Onassis, Napoleão (acima), Tutankamon e a Rainha Elizabeth.
“Eu sabia que ele poderia fazer isso com humor e não pesar muito a mão, o que fica muito mais engraçado”, diz Molly sobre o trabalho de Timothy.
A princípio Timothy mostrou-se um pouco descrente, mas embarcou na viagem.
A primeira tarefa foi o guarda-roupa, uma missão para Shannon Amos, consultora de Moda que acompanha o fotógrafo há anos.
“Não dá para reformar fantasias de Halloween. Essas coisas precisam ter verossimilhança”, conta Timothy. “Molly disse que chamaria uma costureira para fazer as roupinhas do tamanho dos frangos e que não seria um problema. Ela tratou isso como se fosse o trabalho mais tradicional do mundo”.
Molly preparou um painel com as referências visuais de cada personagem e desenhou roupas para vestir frangos com menos de um quilo e meio.
As fotos foram feitas no loft de Shannon, em Emeryville, na Califórnia. “Precisávamos de um estúdio que tivesse geladeira”, diz Timothy.
Para mantê-los eretos, assim que os frangos eram retirados da embalagem, Shannon colocava uma lata de Red Bull dentro da cavidade cervical e prendia as roupinhas com alfinetes ou fita adesiva.
A dupla comprou duas dúzias de frangos para os dois dias de ensaio. Todos eram inspecionados. Os que não tinham asas e os que estavam com a pele opaca ou com corpos desproporcionais eram descartados.

Vejam as fotos AQUI

O tema Rubric Blog no WordPress.com.