O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/12/01

UMA MULHER DE PEITO

Arquivado em: Mentes brilhantes — trezende @ 10:39

Há avôs que gostam de jogar dominó e assistir ao Datena, assim como há avós que preferem ficar na janela cuidando da vida alheia.
Mas há vovós que preenchem seu tempo com algo bem mais criativo e altruísta: tricotando peitos, por exemplo.
Esse é o caso de Coral Charles-Dunne, que tem 91 anos e mora em Birmingham, na Inglaterra.
Ela conta que passa cerca de seis horas por dia tricotando seios de diferentes tamanhos e formatos.
Coral participa do projeto “Breast” (“Seios”) cujo objetivo é alertar gestantes e mães de primeira viagem sobre a importância da amamentação.
Os peitos de tricô são usados para que as futuras mães aprendam técnicas de amamentação.
Coral aprendeu a tricotar aos 8 anos e antes mesmo de participar do projeto já gastava seu dia entre as agulhas. Ela criava blusas, cachecóis e chapéus para orfanatos na Romênia. Apesar disso, reconhece que os seios são suas obras mais inusitadas.
“Meus dedos ficam ocupados das seis da tarde à meia-noite”, diz ela.
O convite para participar do projeto veio de uma colega que encontrou na igreja. As sessões de tricô acontecem todas as segundas-feiras na Falcon Lodge Chapel, em Sutton Coldfield.

About these ads

1 Comentário »

  1. Soooo cute.. 91 anos com essa carinha? Vou começar a tricotar peitos djá!

    Beijocas!

    Comentário por Selma Barcellos — 2011/12/01 @ 15:32


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: