O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/09/28

O CUPIDO AGRADECE

Filed under: Mentes brilhantes — trezende @ 09:04

Há dois anos comentamos aqui no blog sobre o “Museum of Broken Relationships” (“Museu dos Corações Partidos”), uma maneira criativa de ajudar as pessoas a se livrarem de objetos que lembrassem seus “ex”. Bastava doá-los ao museu acompanhados de uma breve explicação sobre o motivo que o levou a se desfazer da peça.
Agora a novidade é um pouco mais radical: contar ao mundo o que seu “ex” fez de errado citando nome e sobrenome. Trata-se do “ExRated”, site que permite às pessoas avaliarem amores passados.
“Você não vai a um restaurante que não foi avaliado. Especialmente na era do namoro pela Internet, por que você iria a um encontro com uma pessoa que não foi avaliada?”, diz o fundador do site, Tom Padazana. “Espero que seja uma ferramenta de pesquisa para ajudar as pessoas a tomarem decisões conscientes em termos de namoro”.
Os usuários podem checar os antecedentes de seus pretendentes e falar sobre os amores passados.
Os interessados em deixar uma “crítica” no “ExRated” precisam se cadastrar, criar um perfil e preencher um questionário de duas páginas que inclui detalhes sobre o relacionamento (“casinho” ou “mais de seis meses”); dicas para se dar bem com o avaliado; e em que espécie de relacionamento ele mais se encaixa (“especial”, “companheiro de balada” ou “por uma noite”).
Os “ex” recebem notas, assim como avaliações detalhadas sobre cuidados com a higiene, inteligência, “mojo” e consideração.
Tom Padazana diz que são barrados posts difamatórios e que as pessoas são encorajadas a serem suscintas – os posts têm, no máximo, 140 caracteres. “A ideia é que não seja um local para se lavar roupa suja, mas de discutir de forma construtiva o que aconteceu no relacionamento anterior”.
Mas segundo uma reportagem do “Huffington Post”, apesar de diversas “críticas” de “ex” serem positivas, “numa rápida visita ao site, não há escassez de avaliações amargas”.
“Traga seu próprio ‘Zoloft’ (antidepressivo)”, diz um usuário a respeito de uma mulher. “Divertida na cama, mas absolutamente louca fora dela. Todo mundo conspira contra ela – pelo menos é o que ela pensa”.
Outro: “Ok, ela é de Paris, o que já conta pontos positivos. Mas eu já saí com garotas do Kansas que eram mais excitantes do que ela. Como é ‘bocejo’ em francês?”.
O site permite ainda que duas pessoas que se relacionaram com o mesmo “ex” se conectem online, mas não dá a chance de um avaliado corrigir sua nota ou contar a sua versão da história. Também não é possível criar um perfil e convidar os amigos a escreverem algo legal sobre você.
O “ExRated” é mais um entre o crescente número de sites que permitem aos usuários comentarem a performance alheia. Já existe o “Honestly.com” – para criticar reputações profissionais – e o “RateMyProfessors.com”, para avaliar o desempenho de professores.

Conheçam o site AQUI

About these ads

4 Comentários »

  1. A ideia é boa. Quase utilidadde publica rs

    Comentário por picida ribeiro — 2011/09/28 @ 10:13

  2. Ta com a cara da Sonia Abrão.

    Comentário por Juventino — 2011/09/28 @ 20:13

  3. Cada um pode ter opiniões diferentes a respeito das pessoas. Fazer comentários rotulando um(a) ex não é justo! Além disso as unanimidades são raras… e burras.

    Comentário por Ricardo Rezende — 2011/09/28 @ 23:07

  4. Bom dia Tati!
    E um mural sobre políticos? Melhor não, ia faltar espaço…
    Abç,
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2011/09/29 @ 07:15


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: