O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/07/15

DEU NÓ

Filed under: Diário de bordo — trezende @ 08:56

Depois que o prefeito Gilberto Kassab instituiu a lei “Cidade Limpa”, São Paulo ficou livre de faixas, outdoors, luminosos e todo tipo de publicidade. A cidade pode ter ficado mais limpa, mas ficou também mais triste.
Uma categoria, no entanto, conseguiu burlar as regras do prefeito: os amarradores do amor e pais-de-santo especialistas em curar males do coração.
Em alguns postes é possível cruzar com pequenos cartazes prometendo “seu amor de volta em 24 horas” – ou o seu dinheiro de volta.
Um deles me chamou a atenção: “Trago seu amor em 6 horas”. Uau. Praticamente mais rápido do que um voo São Paulo-Manaus.
Memorizei o telefone e tratei de recitá-lo como um mantra até o meu destino – havia tempos queria ligar para um Pai Oxum da vida.
Abaixo, a transcrição da conversa:

- Oi, boa noite, eu vi um cartaz de amarração num poste perto do shopping e queria saber como funciona
- Trago sua alma em 6 horas. Se não der certo, devolvo seu dinheiro. Sai R$ 300. Se você depositar agora (que horas são?) até às 6h, 7h da manhã ele vai te ligar
- E do que você precisa?
- Nome, sobrenome e data de nascimento dos dois
- Tá bom. Deixa eu até anotar aqui
- Viu, mas eu não vou te atender no meu consultório porque ele tá em reforma. A gente marca um encontro que é mais fácil. Quer se encontrar agora?
- E é você mesmo quem faz? Como você se chama?
- Bianca
- Bianca, qual a diferença do atendimento no consultório?
- O ambiente. Com imagens e velas grandes de três metros
- Depois que eu faço o depósito, como funciona?
- Eu pego o dinheiro e vou na Federação comprar os materiais. Porque eu não cobro o meu trabalho, só os materiais, que não são daqui, são da Índia. Se você ligar nas outras que fazem amarração elas vão te cobrar uns R$ 600, R$ 700
- É a Federação dos Amarradores?
- Eu não posso divulgar o nome da Federação
- Que materiais são esses?
- Velas, incensos, algumas imagens e dois bonecos simulando vocês dois. Por isso que eu preciso do nome de vocês. Para colocar nos bonecos
- Bonecos? Você vai espetar os nomes com uma agulha?
- Não, vou amarrar os dois
- Amarra bem forte, tá? Você faz tipo uma macumba?
- Não, não, vou para um lugar reservado e faço a simpatia
- Mas isso é garantido mesmo? Eu tô desesperada… Já faz mais de um ano…
- É garantido. Fiz um trabalho outro dia que ela tava separada dele fazia dois anos. Ele tava até casado com outra mulher já e voltou pra ela
- Sei
- Você não quer se encontrar agora? Que horas são agora?
- Quase 8 da noite
- Então… Até 3, 4, da manhã ele vai te procurar. Se ele morar perto de você, vai te procurar. Se morar longe, vai te ligar
- E ele vai me falar o quê?
- Ele vai ligar dócil, bonzinho, dizer que te quer de volta, que se arrependeu…
- E você faz esse trabalho reservado aonde, numa esquina?
- Não, no mato
- Posso ir junto?
- Não. É bom você não estar junto porque é um mato longe
- E os materiais, vão ficar lá a noite inteira?
- Até o resultado. Depois o pessoal da Federação passa lá e recolhe
- E se não der certo, posso fazer de novo?
- Pode. Mas é 100% garantido. Quer se encontrar agora?

Que Nossa Senhora Desatadora dos Nós nos proteja.
Só não descobri ainda quem é a mais desesperada: a amarradora ou quem liga para ser amarrada. 
Se alguém se interessou, posso passar o telefone.

About these ads

4 Comentários »

  1. Tudo muito organizado,consultório,secretária,federação,conta bancária,provavelmente sindicato e não cobra pelo trabalho,somente os honorarios do transporte até o mato.

    Manda esse telefone para o Procon e peça gentilmente que esta empresa pare de sujar os postes que eles amarraram com suas sujeiras.

    Comentário por Juventino — 2011/07/15 @ 12:26

  2. Um dia eu parei numa loja de artigos afins no centro e fui comprar incenso. A mulher começou a me dizer que o meu semblante estava muito carregado e que eu precisavva fazer um descarrego. Queria me cobrar 400, depois que eu dei corda na conversa ela baixou para 200. E disse que se eu não fizesse , provavelmente eu não emplacaria o ano seguinte. Era mais ou menos 22 dezembro/06. Tenho vontade de voltar lá e dizer a ela que sou uma alma penada arrependida e propor a ela me ressuscitar. Abraços. Paz e bem.

    PS: Tem um amarrador cibernético com o nome de Pai Arnápio. Já viu? O cara promete curar a té unha encrava online. hahahaha!

    Comentário por josé cláudio - Cacá — 2011/07/15 @ 16:27

  3. O mais interessante é ela pedir pagamento adiantado e se não der certo o dinheiro é devolvido. Ora, por que não pagar tudo no êxito? Se ela tem poder mesmo, “amarrar” os clientes que deram cano deve ser mais simples que laçar um parceiro…

    Comentário por Ricardo Rezende — 2011/07/16 @ 11:00

  4. Tati, adorei essa sua ideia de entrevistar essas “amarradoras”!! Adorei este post!
    Mil beijos.

    Comentário por Vaninha — 2011/07/18 @ 16:12


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: