O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2011/01/29

É FOGO

Filed under: Diário de bordo — trezende @ 08:00

Ushuaia é onde o vento faz a curva. Literalmente.
Também conhecida como “Fim do mundo”, é a cidade mais austral do planeta e localiza-se no extremo sul da Argentina. Cercada pelo Canal de Beagle, pelos montes Martial e Olivia e pela cordilheira dos Andes, fica numa região conhecida como “Terra do Fogo”.
Apesar do pseudônimo quente, é um lugar muito frio e chuvoso – provavelmente pela proximidade com a Antártica, situada a mil quilômetros dali.
Seus 60 mil habitantes convivem com uma intensa movimentação de turistas que chegam por via aérea ou marítima, através dos cruzeiros. Mais de 90% do total mundial de turistas que visitam a Antártica o fazem a partir de Ushuaia. Por isso, a província se transformou na capital mundial do turismo antártico.
Além da agitação portuária, a cidade lota a cada inverno, quando se torna a meca do gelo. Há inúmeros centros invernais que oferecem estações de esqui, patinação e passeios com trenós puxados por cães. Os brasileiros dominam.
No entanto, a missão mais difícil em Ushuaia não é encarar o frio, mas conciliar nossos horários de turista ao funcionamento do comércio fueguino. A maioria das lojas abre às 10 da manhã e fecha ao meio-dia. Elas reabrem às 3 ou 4 da tarde e fecham novamente às 10 da noite. Aos domingos, poucas lojas funcionam. Os restaurantes cerram as portas às 14h30. É fogo.
O bom gosto passa longe das vitrines fueguinas, mas quem não quiser morrer de fome deve levar uma marmita.
Ushuaia vive da fama de ser o “Fim do mundo” e de abrigar o Farol do Fim do Mundo – imortalizado na obra de Julio Verne –, mas é a pequenina El Calafate que deveria aparecer na “Caras”.
No próximo capítulo, as atrações de Ushuaia.

About these ads

2 Comentários »

  1. Eu diria mais, pela qualidade dos serviços, Ushuaia é mais do que o “fim do mundo” é o “fim da picada”.

    Comentário por Alberto — 2011/01/29 @ 08:36

  2. TurisTati;
    Nessas andanças pelos cantos do mundo a gente tem que estar preparado pra tudo! Que tal, em plena Buenos Aires a casa de câmbio do porto estar fechada no sábado? Sendo que chega gente de fora a todo momento atravé dos barcos que vem pelo Rio da Prata…? Mas com bom humor, o percalço se torna divertimento, costumes diferentes são realmente, curiosidades exóticas. Grande abraço, parabéns pela coragem de enfrentar essas praças inóspitas!
    Adh

    Comentário por Adh2bs — 2011/01/29 @ 10:24


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: