O Mundo Gira, A Lusitana Roda…

2009/09/30

UM HÓSPEDE DO BARULHO

Arquivado em: Absurdos nossos de cada dia — trezende @ 08:57

zelaya3

bolaferroAntes do golpe que o tirou do poder em Honduras, Manuel Zelaya tentava realizar um plebiscito – considerado inconstitucional – que abrisse caminho para reformar a Constituição. Seus opositores alegam que ele queria, no fundo, aprovar a reeleição presidencial e se candidatar de novo nas eleições de novembro.
Na manhã em que seria realizada esta consulta popular, o quarto de Zelaya foi invadido por soldados mascarados armados que o levaram para o aeroporto e o despacharam – de pijamas – para a Costa Rica. O resto da novela temos acompanhado diariamente há quase três meses.
No início não estava muito claro até que ponto o Brasil era cúmplice do presidente. Mas algumas pistas dadas pelo Belchior de Honduras sugerem que os prisioneiros somos nós, brasileiros.
Zelaya tem se comportado como uma visita indesejada, o verdadeiro “Hóspede do Barulho”. Começou tirando uma soneca no sofá. Daqui a pouco estará abrindo a geladeira, fazendo pipi de porta aberta e pedindo o carro emprestado.
Aliás, tem feito muito pior: o ministro Celso Amorim revelou ontem que o presidente deposto chegou a solicitar o empréstimo de um avião da FAB para levá-lo de volta a Tegucigalpa – pedido sabiamente negado.
Mais: Zelaya está transformando a embaixada brasileira numa pensão hondurenha. O local – que chegou a contar com 300 moradores –, está agora, nas palavras de Celso Amorim, com um “certo estacionamento de aproximadamente 60 pessoas”.
Além disso, ele tem usado a Casa brasileira para fazer pronunciamentos para inflamar a população de seu país– apesar dos apelos do Brasil para que não use a embaixada com este fim.
Na história de “Um Hóspede do Barulho” uma família encontra um Pé Grande e o leva para casa. A visita destrói tudo: enterra objetos no quintal, amassa o teto do carro para enfiar a cabeça e come os peixes do aquário. Apesar de terrível, ele vai conquistando a todos e quase vira um membro da família (quase, não vou contar o fim do filme).
Torçamos para que Zelaya não tenha a mesma sorte e que Pé Grande seja o que ele tome no bumbum muito em breve.

P.S.: já enviou sua imagem para a promoção “O melhor uso não-intencional”? A melhor foto será premiada com uma camiseta do filme “Um Faz-de-Conta que Acontece”.
Mandem uma foto para tatianarezende@hotmail.com até 5 de outubro.

O tema Rubric Blog no WordPress.com.